Alphonse Mucha, um grande ilustrador da Art Nouveau

Alfons Maria Mucha nasceu no ano de 1860 em Margraviado da Morávia no ex-Império Austríaco(atual República Checa). O artista fez parte do movimento artístico conhecido pelo nome de Art Nouveau que despontou em Paris no século XIX. Mucha também é conhecido por ser um ilustrador que fez diversos cartazes, ilustrações e painéis decorativos. Outro feito conhecido do artista foi a confecção de vinte telas chamadas de Epopeia Eslava.

Os pais de Mucha eram trabalhadores que não possuíam muita renda, por isso, quando Alphonse Mucha demonstrou talento para o desenho, o que manteve o artista no mundo da arte foi seu talento para o canto, fazendo parte de um coro numa igreja. Seu material para praticar desenho e pintura era fornecido por um comerciante local. Para seguir seu sonho de se tornar um artista, Alphonse Mucha se muda para Viena e trabalha para uma companhia de teatro pra pagar seus estudos em arte, Mucha se tornou aluno do renomado pintor Hans Makart. Seu mestre, Makart era um pintor acadêmico cuja habilidade de fazer retratos de mulheres podemos ver na pintura abaixo chamada de A Valquíria.

A Valquíria, Hans Makart.

Hans Makart pintou uma Valquíria, uma figura da mitologia nórdica, que ele representa utilizando características da pintura acadêmica. Alphonse Mucha, aluno de Hans Makart também usa o mesmo enquadramento de perfil para retratar suas figuras femininas em suas famosas ilustrações.

Após sua experiência como aluno de Hans Makart, Alphonse Mucha se muda para Paris, então se matricula na Academia Julian e passa a estudar no estúdio de Jules Joseph Lefebvre, um outro artista especializado no retrato de mulheres, como podemos ver em Clemence Isaure de Lefebvre.

Clemence Isaure, Jules Joseph Lefebvre.

Clemence Isaure é uma pintura que mostra uma mulher de perfil usando uma coroa de louro na cabeça, vestindo um traje que aparenta ser medieval. Lefebvre era um outro artista que também era especialista em retratos de mulheres e era muito conhecido por suas pinturas de nus artísticos.

Mucha também estudou técnicas artísticas com Jean-Paul Laurens na Academia Julian. Laurens era um pintor acadêmico histórico, uma de suas pinturas mais famosas se chama Sínodo do Cadáver.

Sínodo do Cadáver, Jean-Paul Laurens.

Sínodo do Cadáver é uma pintura sobre um fato histórico com o mesmo nome, que aconteceu por volta do final do século X, quando o Papa Estêvão VI quis julgar a nulidade do título do Papa anterior, o Papa Formoso, que se encontrava morto na época do julgamento, mas isso não foi um empecilho, o novo Papa mandou desenterrar os restos mortais do papa anterior, vestiu ele com as vestes papais e colocou no trono do Papa e julgou retroativamente o título do Papa Formoso como nulo.

Além de estudar na Academia Julian, Alphonse Mucha também frequentou a Academia Colarossi. O artista se tornou amigo de Paul Gauguin e começou a trabalhar com ilustrações. A carreira de Mucha decolou quando o artista se associou a atriz Sarah Bernhardt e fez cartazes para ela, uma desses cartazes está na imagem abaixo:

Cartaz para Sara Bernhardt, por Alphonse Mucha.

Alphonse Mucha se tornou um verdadeiro designer para Sarah Bernhardt, desenhando joias, cenários, fantasias, etc. O artista trabalhou seis anos produzindo cartazes para a atriz.

O sucesso com os cartazes produzidos para Sarah Bernhardt rendeu para o artista diversas encomendas para cartazes comerciais como papinha de bebê, bebidas alcoólicas, capaz de revista, cigarros, até mesmo ferrovias. Abaixo está um cartaz comercial para os cigarros JOB.

Cigarro JOB, Alphonse Mucha.

A maioria dos cartazes comerciais de Alphonse Mucha incluíam mulheres, herança da arte aprendida com os pintores acadêmicos. Até mesmo temas que não tinham a ver com mulher, Alphonse Mucha conseguia incluir uma mulher no cartaz que ele criava. Um desses cartazes que intuitivamente não caberia uma mulher, pelo menos do jeito que o artista incluiu está na imagem a seguir:

Moët & Chandon Crémant Impérial, Alphonse Mucha.

O cartaz acima era pra marca de champanhe Moët & Chandon Crémant Impérial, O artista colocou a imagem de uma mulher longilínea para o cartaz comercial de champanhe, nada muito vulgar, Mucha criou uma figura feminina bastante sofisticada.

O artista criou vinte painéis para mostrar a história e a mitologia eslava, é uma obra bem grande que demorou quase vinte anos para ser concluída pelo artista.

Ciclo épico número seis, Alphonse Mucha.

Alphonse Mucha morreu no ano de 1939.

Referências e Imagens:

https://en.wikipedia.org/wiki/Alphonse_Mucha

Compre meu e-Book na Amazon:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.