Cultura Indígena no Brasil: Os Povos Tupi

Não há uma única cultura indígena no Brasil. Existiram, no território brasileiro, várias tribos e povos indígenas. Muitos desses povos foram dizimados com a chegada e colonização portuguesa no Brasil nos séculos XV-XIX. Durante o período de ocupação e exploração das terras brasileiras por europeus, um processo que durou 400 anos, infelizmente, poucos povos indígenas sobreviveram (foram mortos em guerras, por doenças, outros foram aculturados pelas missões jesuíticas da Igreja Católica) mas muitos nos deixaram seu legado cultural.

Então estou fazendo uma pesquisa sobre a cultura de outros povos indígenas e criar a série “Cultura Indígena no Brasil”. Já fiz uma postagem sobre os Ianomâmis. E também fiz outra sobre a influência da língua Tupi. É só clicar em cima das palavras pra ler os posts.

Hoje eu vou falar dos Tupis, um dos povos indígenas mais conhecidos e que contribuíram muito pra formação da nossa cultura brasileira.

Quem são os Tupis? 

AF466518-5521-40F7-8A84-CA03E1E311E1

São os índios que falam a língua Tupi e compartilham uma certa unidade cultural, mas não política. Existem várias tribos Tupis, algumas são rivais e já entraram em guerras.

Quem foram os tupinambás?

Era um povo indígena que viva em duas regiões da costa do Brasil,  no século XVI, os que viviam entre cabo de São Tomé e o litoral de São Sebastião eram os tupinambás tamoios embora fizessem parte do mesmo subgrupo, havia muita rixa entre eles, as tribos se enfrentavam em batalhas sangrentas e faziam o ritual de antropofagia quando faziam prisioneiros.

Relação com os portugueses e rivalidade entre grupos

Quando os portugueses chegaram ao Brasil no ano de 1500 eles encontraram no território as tribo tupiniquim, tupinambá, caetés, tabajaras, potiguaras e os tamoios.

Devido a rivalidade e hostilidade entre as tribos desses grupos, os portugueses acabaram tirando vantagem dessa situação, eles se aliavam a um grupo em detrimento de outro.

Como havia uma certa resistência de algumas tribos contra os colonizadores, e a necessidade de mão de obra escrava indígena. Para resolver essa situação, os portugueses se aliaram aos tupiniquins e entraram em guerra com os tupinambás (tribo contrária à colonização portuguesa no Brasil, e também, desses confrontos poderiam haver prisioneiros de guerra que viravam escravos posteriormente.

Outras tribos indígenas também não aceitaram a situação de dominação e colonização imposta pelos portugueses e então criariam a Confederação de Tamoios para combater esse domínio português, e então ocorre uma revolta dos índios contra os colonizadores.

E614F8F8-0761-4C79-AA8D-7350BEF37A63
Conflito da Confederação de Tamoios

Com as intensas batalhas e disputadas criadas pelo homem branco europeu contra os índios, na época do século XVI, os tupinambás e tamoios são praticamente extintos ou os que sobraram acabaram sendo escravizados.

Como os índios Tupi viviam?

As tribos se dividem em aldeias, em cada aldeia mora umas 600 pessoas, e elas moravam em malocas, que são grandes casas comunitárias. E há em torno de 4 a 5 malocas por aldeia.

7C18664D-F5D8-46F4-9BF1-C991499D43B7

A poligamia era aceita. Na divisão do trabalho, as mulheres ficavam encarregadas dos afazeres domésticos, praticavam agricultura, colaboravam na pesca, faziam artesanatos, produziam um tipo de bebida alcoólica para os homens.

1A59B134-4C61-40FA-9B56-68D2B52C49BB

Cortar árvores, prepara a terra para a agricultura, proteger a aldeia, ser guerreiro, fazer armas era umas das funções do homem na tribo indígena.

4126BB75-E643-4891-95C1-85D566E43D3C

As crianças também contribuíam, elas eram encarregadas de cuidar dos irmãos mais novos.

Cultura Tupi

Os índios Tupis praticavam a poligamia. Utilizavam na agricultura a técnica conhecida como coivara, que é derrubar a mata nativa, e colocar fogo na vegetação. A fertilidade do solo usando essa técnica é dura cerca de 3 anos. Por isso muitas tribos Tupis eram seminômades.

Os Tupis antigos fabricavam utensílios de cerâmica, para armazenar alimentos principalmente. Valorizavam a música e faziam a pintura corporal.

 

Ficaram muito conhecidos pela prática da antropofagia, ou, canibalismo. Há muitos relatos feitos por europeus sobre esse costume. Em resumo, consumiam a carne de seus inimigos derrotados, mas faziam isso na forma de um ritual. E essa antropofagia que era praticada por alguns povos indígenas, como os Tupis, tinham um significado muito complexo para eles.

antrop

Fonte da foto: Laifi

Para os Tupis, o canibalismo representava um ritual de iniciação do homem. E também consumir a carne do inimigo era uma forma de assimilar essa pessoa, e ganhar as características especiais dela.

A autoridade religiosa dos Tupis é o Pajé e o chefe da tribo é o cacique.

Muito do que conhecemos hoje como “cultura indígena” vem dos povos Tupis, porque eles tiveram muito contato com os colonizadores portugueses.

Nesse site tem muitas informações sobre os povos Tupis:

http://gestaotupii.blogspot.com.br/

*Se você tem alguma sugestão de tema? ou quer expor sua arte aqui? Ou um texto? Entre em contato por e-mail: culturalizando.b@gmail.com

Anúncios