Quando o sistema falha…

Atenção esse será um post sobre política.

E tem Spoilers do começo ao fim do artigo

Há uns meses atrás estava em cartaz no cinema o filme Coringa/Joker. Era uma história densa sobre o personagem Arthur Fleck.

Ele era um palhaço fracassado, que tinha problemas mentais, e ainda dependia de um programa de assistência social bancada pelo governo.

No começo do filme fica notório a falta de controle sobre a risada de Arthur Fleck, Pois era um problema neurológico sem controle. E o bulling que sofre por causa desse tique nervoso, o deixam frustrados.

É importante notar que a medida que o estado vai deixando de dar assistência ao Senhor Fleck. E um amigo que venha causar sua demissão por ter dado a Arthur uma arma, a mesmo que a princípio ele rejeita mas acaba aceitando. As coisas começam, então, a degringolar.

Quando nosso palhaço entra num metro pra voltar pra casa, ele se depara com uma cena de assédio. Por causa do seu tique nervoso ele acaba atraindo os assediadores, e eles começam a dar uma surra nele, mas Fleck está armado e ele atira nos três homens que o estavam espancando. Como ele assassinou três homens “de bem” que trabalhavam na empresa waynes e usava uma máscara. Esse ato é interpretado pelos insatisfeitos com as políticas do governo como sinal de revolução.

Como Thomas Wayne tem falta de tato ao tratar desses focos de revolução, ele acaba falando demais dando a entender que os pobres são palhaços porque não produzem nada. Então a máscara do Coringa se tornou um símbolo de revolução no momento.

É importante lembrar que o próprio Arthur Fleck não se importa com a política e deixa isso bem claro quando ele participa daquela fatídica entrevista.

A mensagem do filme é que o Estado não dá apoio aos doentes mentais para depois ficarem surpresos com os crimes que eles cometem.

É o cinema tentando fazer o público acordar para esse problema. Em que momento a influência do Estado na situação do Arthur Fleck que, além de todos os problemas, sofreu abuso infantil. Onde erramos com essas pessoas? E o que podemos fazer para melhorar?

Dúvidas? Opinões? Sugestões? Escreva para o e-mail abaixo:

Culturalizando.b@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.