Rococó: o estilo artístico europeu do séc. XVIII

O Rococó foi uma reação da aristocracia francesa ao exagerado estilo Barroco, tão adorado pelo rei Luís XIV, o rei Sol.

É um estilo que está entre o Barroco (exagerado) e o neoclassicismo (simplicidade campestre). Ele é assim:

leschampselyseeswatteau
Les Champs Elysee, de Antoine Watteau
readerfragonard
A leitora, de Fragonard (estilo Rococó)

Observe que existem referências a vida campestre, ou a vida simples e cotidiana, mas as roupas tem mais cores, são mais luxuosas, e o estilo é mais elaborado do que numa pintura neoclássica. Abaixo uma pintura neoclassicista:

marieneoclas
Marie Antoinette, de Élisabeth-Louise Vigée-Le Brun (artista do neoclassicismo)

 

(Essa é a roupa mais simples que a Rainha Maria Antonieta usaria ou aceitaria ser retratada)

E pra falar sobre como é o estilo barroco eu vou usar a foto de uma escultura, e não de uma pintura (abaixo explico o motivo):

Bernini-SantaTeresaemextase-barroco
Êxtase de Santa Tereza, Benini

É uma escultura feita em mármore, mas as roupas das estátuas parecem que são feitas de tecidos leves. esvoaçantes ou macios. O Barroco é desse jeito, detalhista ao extremo, e as esculturas barrocas mostram esse nível de detalhe.

Na pintura abaixo, estilo barroco, as dobras de tecidos aparecem, assim como as paredes ao fundo (na imagem abaixo) aparentam ter textura:

reisol222
Retrato de Luís XIV, Hyiacinthe Rigaud

O estilo Rococó não é tão detalhista, mas possui mais detalhes que o neoclássico. Esse estilo surgiu quase junto com as agitações populares que culminaram na Revolução Francesa, então ele sofreu muitas críticas. Foi considerado fútil, uma mera pintura decorativa. Porém, depois da Revolução Francesa, o Rococó foi repensado e considerado o retrato de uma época que se perdeu pra sempre.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.