Louis Comfort Tiffany e Seus Vitrais

Louis Comfort Tiffany nasceu no ano de 1848 na cidade de Nova Iorque nos Estados Unidos. O artista se tornou conhecido por seus vitrais, sua associação com a Art Nouveau e também sua relação com o Movimento Estético que surgiu no século XIX. Sua família é responsável por criar a maior empresa de joalheria do mundo a chamada Tiffany & Co., fundada por seu pai, Charles Lewis Tiffany. Louis se tornou o primeiro diretor de design da empresa de sua própria família.

A família de Tiffany fundou a grande joalheria de sucesso Tiffany & Co., o artista estudou na National Academy of Design, uma instituição artística que se tornou renomada. Louis Tiffany aprendeu técnicas artísticas com o pintor de paisagem George Inness, que era um membro da Escola do Rio Hudson e também estudou com outro paisagista, Léon Belly. Tiffany também aprendeu a pintar pessoas e ambientes internos, e devido ao material que ele utilizou para pintar, as obras em pastel dele são mais conservadas do que as pinturas à óleo que ele retratou temas de paisagem por isso vou mostrar uma obra em que ele retratou Louise Tiffany, Lendo.

Louise Tiffany, Lendo, Louis Comfort Tiffany.

Louise Tiffany, Lendo é uma pintura com traços modernistas e característicos do artista mesmo, como as linhas do desenho que aparecem na pintura acima, a escolha de representar Louise olhando para direção oposta, as colunas romanas, a posição da mão, os livros, algo para mostrar uma pose de relaxamento e um ambiente de intimista, típico de pinturas de gênero.

Tiffany aprendeu a pintar e durante sua vida nunca parou de criar obras de arte através de pinturas, como podemos ver na pintura da tela abaixo que mostra o tema da praia.

Beach, Louis Comfort Tiffany.

A pintura acima foi pintada no ano de 1925 e mostra que Tiffany incorporou sua habilidade em trabalhar com vitrais multicoloridos as suas técnicas de criar pinturas à óleo.

O artista conheceu técnicas para se trabalhar com vidros e confeccionar vitrais e começou a se interessar muito pelo assunto chegando a trabalhar em fábricas que produziam vidros até abrir seu próprio negócio de vidros. Sua empresa prosperou graças às conexões que sua família tinha com pessoas da alta sociedade na época, como políticos de alto escalão da Casa Branca. Por isso sua empresa recebeu uma grande encomenda para decorar algumas salas desse prédio do governo.

Durante o seu trabalho de decoração para a Casa Branca, Louis Tiffany criou umas luminárias que se tornaram características dos objetos com design de vidros Tiffany, como podemos ver na imagem abaixo:

Tiffany Luminária.

Esse design com uma cúpula de vidro e um corpo dourado é característico das luminárias criadas por Louis Tiffany. Outra imagem que mostra diversas dessas luminárias criadas baseadas nesse mesmo design que Tiffany criou está na imagem a seguir que eu tirei da Wikipedia:

Luminárias Tiffany / Imagem: Wikipedia

Além de fazer essas luminárias com seus famosos vidros da Tiffany, o artista também se dedicou a utilizar vitrais em lugares onde eles eram mais populares: janelas. Um desses vitrais se chama Anjo da Ressurreição e está na imagem a seguir:

Anjo da Ressurreição, Louis Tiffany. Wikipedia

Anjo da Ressurreição se encontra atualmente no Museu de Arte de Indianápolis. Originalmente este vitral foi uma encomenda a Tiffany Studios para a Igreja Presbiteriana First Meridian Heights. O artista criou diversos tipos de vidro para compor seus vitrais e conseguir um grande nível de detalhamento nas figuras que ele criava em seus vidros.

O artista inventou diversos vidros, entre eles estava o famoso vidro favrile, uma espécie de vidro furta-cor e o vidro opalescente, além do uso de vidro colorido e pintado para criar as imagens que vemos nos fabulosos vitrais. Tiffany fez parte do movimento Arts and Craftsh, que tinha como objetivo resgatar a qualidade dos objetos fabricados artesanalmente.

Como um artista de vitrais, Louis Comfort Tiffany se tornou rival de outro grande artista de vitrais renomado John La Farge.

Um dos vitrais de Louis Comfort Tiffany que mostram como seus tipos de vidro se unem para criar um vitral como uma obra de arte completa está na imagem a seguir chamada de João Batista:

João Batista, Louis Tiffany. Imagem: John Stephen Dwyer

O vitral acima se encontra na Arlington Street Church em Boston nos Estados Unidos. Nessa obra podemos ver que existe o vidro favrile (furta-cor), o opalescente, o vidro streamer (usado na grama e galhos)) e a técnica que ele criou usando chumbo e cobre.

Louis Comfort Tiffany morreu no ano de 1933.

Referências e Imagens:

https://en.wikipedia.org/wiki/Louis_Comfort_Tiffany

Compre meu e-Book na Amazon:

Um comentário em “Louis Comfort Tiffany e Seus Vitrais

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.