Camille Pissarro, precursor e participante do movimento impressionista

Camille Pissarro nasceu no ano de 1830, na ilha de St. Thomaz, foi um dos grandes artistas do movimento artístico do impressionismo e também do neo-impressionismo. O artista também foi uma espécie de professor para artistas iniciantes do movimento, como Paul Cézanne e Renoir. Camille é um dos integrantes importantes desta nova corrente artística que surgiu na Europa e se desenvolveu na França, principalmente em Paris.

A família do artista se mudou para Paris, onde Camille Pissaro estudou arte. O pintor aprendeu técnicas artísticas junto com Jean-Baptiste Camille Corot, o artista participava de diversos workshops da Escola de Belas Artes de Paris. Pissaro também estudou artes na Académie Suisse, onde conheceu Paul Cézanne e Claude Monet.

Suas obras foram submetidas ao Salão de Paris, porém não foram aceitas, então Pissaro participou do Salon des refusés, uma exposição paralela ao Salão de Paris, onde os artistas que não foram aceitos podiam exibir suas pinturas. Assim como Jean-Baptiste Camille Corot, Pissaro gostava de pintar paisagens rurais, como na pintura feita pelo artista em 1853, chamada de Paraíso Tropical:

Paraíso tropical, Camille Pissaro.

Pissaro também admirava as obras de arte de Jean-François Millet que retratavam ambientes rurais e pastoris. Millet era conhecido por suas pinturas realistas como a obra O Angelus:

Angelus, Jean-François Millet.

Podemos ver numa obra de Camille Pissaro o mesmo tipo de pintura que retrata a vida rural, o artista também gostava de trabalhar com o ambiente e a iluminação de forma natural, se aproximando um pouco do realismo no início de sua carreira artística. Pissaro fez uma pintura chamada Duas mulheres conversando à beira mar em St. Thomaz:

Duas mulheres conversando à beira mar em St. Thomaz, Camille Pissaro.

No ano de 1869, Camille Pissaro se muda para Louveciennes, Jean-Baptiste Camille Corot também estava morando nessa mesma região francesa. No ano de 1870 eclode a Guerra Franco-Prussiana que obriga diversos artistas a fugir da França, Pissaro também teve que abandonar sua oficina graças a este conflito. Uma das obras que sobraram deste período é Estrada para Versalhes em Louveciennes, uma pintura concluída no ano de 1869.

Estrada para Versalhes em Louveciennes, Camille Pissaro. 

Pissaro se muda para Inglaterra onde conhece o famoso colecionador de artes Paul Durand-Ruel, um cliente de diversos artistas no século XIX. Durante esta estadia, Camille Pissaro reestabelece o contato com Claude Monet, que também se encontrava na Inglaterra. Os dois artistas entraram em contato com obras do artista J. M. W. Turner, um grande paisagista britânico e juntos chegaram à conclusão de que deveriam seguir no caminho da pintura ao ar livre (um dos preceitos do movimento academicista era a pintura no estúdio, no impressionismo a pintura é realizada em ambientes externos).

Enquanto o relacionamento com Claude Monet era o melhor possível, Camille Pissaro rompeu com Jean-Baptiste Camille Corot por causa de divergências quanto ao estilo de pintura deste último.

No ano de 1872, Pissaro volta para a França e se estabelece em Pontoise. Uma de suas pinturas do período se chama Entrada da Vila Voisins:

Entrada da Vila Voisins, Camille Pissaro.

Nesta pintura é possível ver uma evolução artística de Camille Pissaro, que pinta ambientes mais naturais e coloca suas impressões de luz nesta paisagem. Sua paleta de cores se torna mais alegre e colorida, diferente das obras de Jean-Baptiste Camille Corot, seu antigo mestre que utiliza uma paleta mais sombria com uso de marrons e tons azulados e esverdeados.

Mesmo quando Pissaro opta por utilizar menos cores do que em outras obras, ainda assim percebemos que suas pinturas são mais iluminadas e alinhadas com o movimento impressionista, como em sua obra chamada Monte Jalais em Pentoise:

Monte Jalais em Pentoise, Camille Pissaro.

Suas obras vão se tornando cada vez mais próximas do impressionismo, suas pinceladas são soltas e rápidas, e o artista consegue captar diversas características da paisagem de uma forma mais natural, como em uma de suas obras pintadas no ano de 1877 chamada de Pomar com árvores floridas na primavera:

Pomar com árvores floridas na primavera, Camille Pissaro.

Nesta época, Pissaro e Paul Cézanne trocavam experiências, o artista participou da Primeira Exposição dos Impressionistas e das outras exposições que foram organizadas pelo grupo de artistas impressionistas. O uso de cores mais vívidas, dando muito mais cor às paisagens não agradava todo mundo, mas com certeza trouxe uma grande novidade em relação as técnicas de uso das cores, luz e sombras. Podemos ver essa revolução na obra Jardim em Pentoise:

Jardim em Pentoise, Camille Pissaro.

Esta pintura lembra um pouco as composições de Claude Monet quando retratava um dia ensolarado, como aparece na obra de Monet chamada de Mulher no Jardim:

Mulher no jardim, Claude Monet.

Além desta época impressionista, Camille Pissaro começou a se interessar por uma nova teoria de cores criada por Paul Signac e George Seurat, chamada de pontilhismo e divisionismo. Uma destas pinturas neo-impressionistas influenciadas pelas teorias de Signac se chama A Colheita de Feno, Eragny:

A colheita de feno, Eragny, Camille Pissaro.

O artista acabou abandonando o neo-impressionismo porque após um tempo ele considerou que as técnicas para misturar as cores eram muito artificiais. No ano de 1898, Camille Pissaro conclui uma pintura chamada Rouen, rue de l’Épicerie:

Rouen, rue de l’Épicerie, Camille Pissaro.

Camille Pissaro morreu no ano de 1903.

Compre meu livro na Amazon:

Spanish Version:

Um comentário em “Camille Pissarro, precursor e participante do movimento impressionista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.