A importância da democracia para a humanidade

Nos dias de hoje se fala tanto sobre democracia, “atentado à democracia”. Antes de falar sobre atentados à democracia, temos que saber exatamente o que é uma democracia. O Brasil tem uma cultura de escolher um salvador, algo ou alguém que vá salvar o povo e tirar as pessoas da pobreza e miséria, alguém que vai acabar com a corrupção e todo mal que assola o país. Mas isso não é democracia.

Democracia é uma forma de governo em que o povo escolhe a forma de legislação que vai rege-los. Existem dois tipos de democracia, a democracia direta, e a democracia representativa. Na democracia direta as pessoas votariam diretamente para a aprovação das leis, e na democracia representativa escolhemos um representante que votará na aprovação das leis.

A democracia direta é a melhor forma de democracia, pois nem sempre os nossos representantes votam de acordo com as pessoas que o elegeram. Porém, num grupo de 200 milhões de pessoas a democracia direta é inviável, pois ainda não temos um nível de organização suficiente pra organizar pequenos grupos em que a votação direta poderia ser feita. Então o que temos pra hoje é a democracia representativa. Sim, são os deputados e senadores que detém o poder democrático, pois são eles que votam.

Na Grécia Antiga a democracia era direta, e os participantes de uma assembleia eram sorteados para exercer funções públicas. Roma teve um período de República e quando se tornou um Império muita das coisas que eles faziam na república foram mantidas. Embora democracia e república não sejam sinônimos, já que uma república é voltada para o bem comum e na democracia seria a vontade da maioria prevalecendo. Essa diferença entre os dois fica muito evidente quando olhamos para a democracia grega e o que a levou ao seu fim.

O Brasil é uma república presidencialista, existem repúblicas parlamentaristas, a diferença é que o poder do presidente é menor numa república de parlamento.

O grande problema em querer escolher uma única pessoa ou coisa(como aconteceu no golpe militar) para salvar o país é que não funciona. Essa pessoa não vai salvar o país e vai servir para atrasar. É só lembrar das monarquias e a evolução da sociedade.

Quando a Europa vivia sob um regime monárquico, a turma do Rei, os nobres e a corte, tinham privilégios fora do comum. E isso atrasa muito o desenvolvimento da sociedade. Na época anterior à Revolução Francesa, as pessoas viviam num regime de fome, enquanto a nobreza morava em palácios e passava o dia apostando dinheiro, comendo e bebendo.

A Inglaterra enfrentaria o mesmo problema de ter uma corte ociosa se não tivesse restringido os poderes do Rei com a Carta Magna. É uma das razões dela ter sido o primeiro país que fez a Revolução Industrial, e a Revolução trouxe para a humanidade um desenvolvimento tecnológico comparável ao desenvolvimento tecnológico do Império Romano na época. E apesar do imperador romano ter um poder enorme, ele não podia fazer qualquer coisa que bem entendesse senão era assassinado e substituído por outro, como aconteceu diversas vezes nessa época.

Quando o Império Romano caiu, a sociedade europeia sofreu uma regressão, e nós só voltaríamos a ter água encanada e sistema de esgoto comparável ao romano após a Revolução Industrial.

Quando o poder está na mão de uma pessoa ou um pequeno grupo, nós ficamos limitados à visão que essas pessoas tem do mundo, que geralmente é uma visão deturpada porque essas pessoas não vivem a realidade da maioria da população. Quanto menos centralizado está o poder, mais a sociedade pode se desenvolver. Pense que nesse momento pode existir um brasileiro na miséria que, se não tivesse na miséria seria, um gênio que traria muitos benefícios a humanidade. Se Albert Einstein tivesse nascido numa favela e tivesse que abandonar os estudos para trabalhar como entregador de comida, nós teríamos mandado o homem a Lua?

Isaac Newton nasceu em 1643 e Albert Einstein em 1879, duzentos anos depois de Newton. Se nós tivéssemos uma sociedade mais igualitária, coisa que conseguimos somente com democracia/república, será que a humanidade teria que ter esperado duzentos anos para ter o avanço tecnológico que Einstein nos deixou?

Hoje em dia a Imprensa fala muito em atentado a democracia, saiu o documentário Cercados, apesar dessa mesma imprensa ter uma enorme parcela de culpa sobre o que está acontecendo com ela mesma, ainda sim não podemos deixar que uma pessoa e um pequeno grupo tome o poder, não importa de que espectro político essa pessoa e grupo sejam. A história está aí para mostrar como a centralização do poder nas mãos de um pequeno grupo de pessoas pode atrasar o desenvolvimento de um país.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.