John Constable, o artista revolucionário da pintura de paisagens

O artista John Constable nasceu no ano de 1776 em East Bergholt, Sulfolk na Inglaterra. O pintor foi um grande paisagista que revolucionou esse gênero, o artista também se encaixa no movimento artístico conhecido romantismo. Constable se tornou um artista renomado e famoso por sua grande sensibilidade artística em suas pinturas de paisagens, suas obras são, além de bonitas, elegantes, com grande vivacidade, emoção e delicadeza. O artista foi uma das grandes inspirações para a futura Escola de Barbizon.

Constable veio de uma família rica que trabalhava no negócio do milho. O artista se interessou por arte desde cedo, e empreendeu viagens para poder pintar e fazer desenhos. John Constable foi apresentado as pinturas do famoso pintor barroco de paisagens, Claude Lorrain. Além disso, foi aconselhado por amigos a estudar arte de um jeito mais formal, por isso o artista entrou para a Royal Academy apreendendo técnicas artísticas. Constable copiou os antigos mestres, como os outros artistas do século XVIII e principalmente XIX. Uma das obras de John Constable dessa época se chama The Vale of Dedham.

The Vale of Dedham, John Constable. (Wikipedia/Domínio Público)

The Vale of Dedham é uma pintura de Constable que ainda mostra um pouco da influência das paisagens de Claude Lorrain junto com estilo de John Constable, o romantismo sempre se confunde com o barroco, mas não apresenta a mesma dramaticidade que este movimento artístico. No meio de toda essa paisagem temos uma mulher segurando um bebê, uma casa ao fundo, a árvore tem um tamanho monumental. Essa obra foi uma das responsáveis por sua admissão na Royal Academy, além de ser uma das pinturas mais conhecidas e valiosas da arte britânica. A versão acima foi pintada em 1802 pelo artista.

A pintura de paisagem da natureza foi evoluindo assim: as pessoas, animais, e edifícios foram sendo retirados aos poucos das pinturas até que essas coisas fossem retiradas totalmente da paisagem. Elas só eram colocadas se tivessem algum tipo de significado para a obra. Na pintura abaixo, Wivenhoe Park, Essex; o artista mostra como isso funciona para a obra.

Wivenhoe Park, Essex, por John Constable.

Em Wivenhoe Park, Essex temos uma pintura de paisagem em que os elementos que seriam considerados de “não-paisagem” como os animais e pessoas, fazem sentido nessa obra, pois temos um ambiente rural, então é normal ter vacas, cisnes e pessoas num barco por causa do lago. Nessa pintura também vemos o estilo artístico do artista que tem emoção e delicadeza ao mesmo tempo. Constable pinta uma paisagem realista mas ao mesmo tempo idílica, graças ao seu traçado e pinceladas suaves, o artista também tem uma paleta de cores naturais que colaboram com sua obra.

O artista também pintou paisagem sem nenhum tipo de não-elemento de paisagem como a obra chamada de Weymouth Bay: Bowleaze Cove e Jordon Hill.

Weymouth Bay: Bowleaze Cove e Jordon Hill, por John Constable. (Wikimedia Commons/Domínio Público)

Weymouth Bay: Bowleaze Cove e Jordon Hill é uma pintura que mostra uma paisagem de uma praia, o artista deu preferência em retratar a faixa de areia em vez do mar. Nessa obra o artista tem uma pincelada mais deslizante na parte do céu, Constable pintou o chão com mais detalhes, como a areia e as rochas. Weymouth Bay é um lugar muito interessante para ser mostrado em uma pintura, pois possui diversos elementos naturais de paisagem e o artista soube tirar bom proveito disso.

Uma das pinturas mais famosas do artista se chama The Hay Wain e está na imagem a seguir:

The Hay Wain, John Constable.

Em The Hay Wain vemos um artista de paisagem que sabe harmonizar diversos elementos para criar uma tela elegante com a famosa emoção que John Constable dizia ter na hora de confeccionar um quadro. Nessa obra temos uma casa de campo, um cachorro, uma carroça atravessando o lago com duas pessoas em cima.

Constable tentou pintar outros gêneros de pintura e até tentou viver de sua arte, em sua época o tipo de tela mais encomendada era o retrato. O artista inclusive fez um retrato de sua esposa, Mary Bicknell, que está na imagem a seguir:

Mary Bicknell por Joihn Constable. (Wikimedia Commons/Domínio Público)

Apesar de também ter talento para pintar retratos, como podemos ver na pintura acima, Constable não gostava desse gênero de pintura. As pessoas encomendavam pinturas de paisagem, mesmo assim, era um gênero de pintura pouco popular na época.

John Constable foi um artista muito importante para a história da arte, ensinou seus alunos a pintarem usando sua própria criatividade e aplicar isso em suas pinturas. Suas paisagens se tornaram tão únicas que entraram para a história da arte.

Compre meu e-Book na Amazon ou leia pelo Kindle Unlimited:

Compre na Amazon também:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.