Benjamin West e a pintura histórica neoclássica

Diversos artistas fizeram pinturas sobre eventos históricos nos Estados Unidos, Canadá e Grã-Bretanha, além de Emanuel Leutze, outros pintores retrataram a história, como foi o caso do pintor Benjamin West, responsável por diversas obras famosas sobre acontecimentos históricos nos Estados Unidos relacionados com a Revolução Americana, também conhecida como Independência Americana, mas antes de falar sobre essas pinturas históricas vamos conhecer mais sobre o artista.

Benjamin West nasceu no ano de 1728 em Springfield na Pensilvânia nos Estados Unidos. O artista era um autodidata e aprendeu a fabricar tintas com nativos americanos. Seu grande talento e habilidade chamaram a atenção nas colônias americanas e o artista conseguiu patronos e passou a estudar técnicas de pintura com John Wollaston, um artista britânico que emigrou para os Estados Unidos. Uma das obras de Wollaston está na imagem abaixo:

Retrato por John Wollaston.

Na pintura acima podemos ver que Wollaston retratou grandes olhos em formato amendoado, é um retrato com um toque do estilo rococó.

Benjamin West começou a fazer cada vez mais pinturas boas e conseguiu patrocínio para fazer o famoso Grand Tour, que era uma viagem onde os artistas iam para Itália e conheciam as obras dos chamados antigos mestres, nesse turismo pela Europa, Benjamin também entrou em contato com as pinturas neoclássicas.

Nesse Grand Tour, Benjamin West viajou até a Inglaterra onde se estabeleceu definitivamente e nunca mais retornou à América. Nessa região ele conhece os pintores retratistas Richard Wilson e seu brilhante aluno Richard Reynolds. West junto com Reynolds foram os responsáveis pela criação da Royal Academy of Arts, Benjamin West foi o segundo presidente dessa instituição artística. E assim como Joshua Reynolds, Benjamin West também impressionou o rei George III.

Mas os dois artistas seguiram por gêneros de pinturas diferentes, enquanto Reynolds pintava retratos, Benjamin West preferiu pinturas históricas como a sua famosa obra chamada de Benjamin Franklin extraindo eletricidade do céu.

Benjamin Franklin extraindo eletricidade do céu por Benjamin West.

Benjamin Franklin extraindo eletricidade do céu é uma pintura que mostra o famoso experimento com eletricidade do próprio Benjamin Franklin. A pintura tem características do estilo artístico do rococó, com os anjos atrás de Benjamin ajudando ele a conduzir o experimento, além do fundo escuro que transmite certa dramaticidade à pintura. A escolha de uma paleta de cores que cria certos contrastes como a utilização do preto, vermelho, o verde água, o bege, e o rosa claro.

Uma outra pintura que retrata a história dos Estados Unidos se chama Tratado de Penn com índios.

Tratado de Penn com índios por Benjamin West.

Tratado de Penn com índios é uma pintura encomendada por Thomas Penn, filho de William Penn que foi quem assinou assinou o tratado com o chefe da tribo nativo americana Lenape do Clã Tartaruga. Quanto a qualidade artística é uma pintura barroca, tendendo para o realismo, vemos o contraste utilizado pelo artista na iluminação da pintura, nas paleta de cores, no detalhismo, no traje de todos os personagens, vemos até mesmo um bebê no canto direito da pintura.

Uma pintura do artista que foge do barroco e que é neoclássica se chama A Batalha do Boyne.

A Batalha do Boyne, Benjamin West.

A Batalha do Boyne é uma pintura que retrata uma batalha que aconteceu na Irlanda no ano de 1690, o homem que aparece no cavalo, como uma figura central, é William de Orange, que aparece como um símbolo de libertação católica. Apesar de ter inspiração neoclássica, a utilização dessa pintura, como uma forma de comover as pessoas, na verdade seria uma característica da pintura romântica, como fazia Eugène Delecroix, mas assim como Emanuel Leutze, devido ao momento histórico, que ainda não havia surgido o romantismo mas o neoclassicismo estava se tornando popular, então algumas pinturas de Leutze e West são classificadas como neoclássicas.

Uma outra pintura histórica famosa de Benjamin West se chama A morte do General Wolfe.

A morte do General Wolfe, Benjamin West.

A morte do General Wolfe retrata o momento em que o General Wolfe morre na Batalha de Quebéc no momento da vitória. Essa batalha ocorreu na Guerra dos Sete Anos. A princípio os trajes e alguns detalhes da pintura não agradaram alguns e a pintura acabou sendo rejeitada, mas com o passar dos anos essa obra começou a fazer sucesso e foi aceita pelo Canadá como uma homenagem por sua participação na Primeira Guerra. Embora essa pintura seja classificada como neoclássicas, se comparar com a pintura A Liberdade Guiando o Povo, é possível perceber que as duas possuem características em comum.

Benjamin West morreu em Londres no ano de 1820.

Compre meu e-Book na Amazon:

Referências e Imagens:

https://en.wikipedia.org/wiki/Benjamin_West

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.