Fleury François Richard e o Estilo Troubadour (trovador)

Fleury François Richard nasceu no ano de 1777 na cidade de Lyon, na França. O artista fazia parte da Escola de Lyon, também é considerado parte do estilo trovador. No século XVIII e XIX surgiu uma visão idealizada da Idade Média, alguns artistas franceses pintavam esse passado ideal, por isso, os artistas que confeccionavam esse tipo de obra eram considerados parte do estilo trovador.

O artista fazia parte de uma família burguesa muito rica, além de sua mãe também fazer parte de uma família de artistas. François fez o seu treinamento com o famoso e renomado pintor Jacques-Louis David, aprendeu a pintar com Alexis Grognardem Lyon, um treinamento que Richard teve que abandonar por causa da Revolução Francesa que havia eclodido e afetado outras regiões da França como Lyon. Por volta do ano de 1794, o artista se estabelece na cidade de Paris.

Durante seu tempo em Paris, suas amizades e conexões fizeram com que Richard acabasse participando de alguns eventos relacionados à Revolução Francesa. Foi por causa disso que Fleury François Richard acabou encontrando com Jacques-Louis David, acabando por frequentar o ateliê de David. O estilo do seu novo professor de Richard em Paris é o neoclássico, Jacques-Louis David pintou diversas pinturas históricas e sobre acontecimentos mitológicos como a obra O Juramento de Horácio.

O Juramento de Horácio, Jacques-Louis David. (Wikimedia Commons/Domínio Público)

O Juramento de Horácio é uma das pinturas mais famosas de Jacques-Louis David. Assim como seu mestre, Fleury François Richard também se dedicou à pintura histórica, uma de suas pinturas com esse tema se chama Carlos VII se despedindo de Agnès Sorel.

Carlos VII se despedindo de Agnès Sorel. Fleury François Richard. (Wikimedia Commons/Domínio Público)

Carlos VII se despedindo de Agnès Sorel é uma pintura histórica que retrata o rei da França, Carlos VII, escrevendo uma carta a sua amante favorita, Agnès Sorel, antes de partir para uma batalha contra os ingleses. O estilo trovador da pintura se dá por conta do tema romântico que mostra o Rei escrevendo para seu amor, os trajes que fazem a figura do rei parecer um típico cavaleiro medieval. No chão é possível ver a palavra je t’aime (clique aqui para ver a pintura em alta resolução na Wikimedia Commons), além do rei utilizar como um instrumento de escrita sua própria espada. O ambiente retratado é alegre e bem iluminado.

Uma outra pintura histórica de Fleury François Richard se chama François Ier montre à Marguerite de Navarre, sa sœur, les vers qu’il vient d’écrire sur une vitre avec son diamant, em tradução livre, Francisco mostra pela primeira vez para Margarida de Navarra seus versos escritos na janela.

François Ier montre à Marguerite de Navarre, sa sœur, les vers qu’il vient d’écrire sur une vitre avec son diamant, Fleury François Richard. (Wikimedia Commons/Domínio Público)

Em François Ier montre à Marguerite de Navarre, sa sœur, les vers qu’il vient d’écrire sur une vitre avec son diamant vemos a figura de Francisco I e sua irmã, Margarida de Navarra, numa cena medieval idealizada, que retrata uma lenda. A pintura de Richard tem características Neoclássicas, nas pinturas greco-romanas que restaram é possível ver que o retrato de cenas de gênero era algo comum nos tempos antigos, algo que foi resgatado pelo neoclassicismo.

A deferência de São Luís por sua mãe é uma outra pintura de gênero com tema medieval feita por Fleury François Richard.

A deferência de São Luís por sua mãe, Fleury François Richard. (Wikimedia Commons/Domínio Público)

A pintura acima retrata o momento que Branca de Castela, esposa de Luís IX, perde o filho, e a mãe do rei Luís IX faz um gesto para manter sua autoridade nessa situação. Essa obra também faz parte do estilo trovador, pois Richard confeccionou uma tela com temas medievais sobre algum momento histórico lendário que ele pinta como se ele estivesse na cena quando ela aconteceu.

O artista também retratou temas literários como o do poema Voyage du Perroquet de Nevers, na sua obra chamada de Verde-Verde.

Verde-Verde, Fleury François Richard.

Em Verde-Verde, Fleury François Richard retrata o herói do poema Voyage du Perroquet de Nevers que é um papagaio, e está nos braços de uma das irmãs freiras. O artista pintou o interior de um convento, com suas janelas grandes e o forro de madeira no teto. Além de ter escolhido uma paleta de cores mais sóbria para retratar esse lugar. O papagaio se encontra preso por uma corda (clique aqui para ver a pintura em alta resolução na Wikimedia Commons).

Uma outra pintura histórica de Fleury François Richard se chama Valentine de Milão em luto pela morte de seu marido Louis d’Orléans, assassinado em 1407, por Jean, Duque da Borgonha.

Valentine de Milão em luto pela morte de seu marido Louis d’Orléans, assassinado em 1407, por Jean, Duque da Borgonha, Fleury François Richard.

Valentine de Milão em luto pela morte de seu marido Louis d’Orléans, assassinado em 1407, por Jean, Duque da Borgonha também é uma pintura histórica que foi inspirada num túmulo que se encontrava no Museu de Monumentos Franceses., o artista ficou muito impressionado com esse monumento, por isso decidiu pintar esse quadro.

Fleury François Richard morreu no ano de 1852 deixando como legado suas pinturas históricas medievais.

Compre meu e-Book na Amazon:

Imagens e Referências:

https://fr.wikipedia.org/wiki/Fleury_François_Richard

3 comentários em “Fleury François Richard e o Estilo Troubadour (trovador)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.