Grant Wood, o artista que pintou American Gothic

American Gothic é uma das pinturas americanas mais conhecidas dentro e fora dos Estados Unidos. Essa obra foi confeccionada pelo artista Grant Wood, um americano que nasceu no ano de 1891, fazendo parte de um movimento artístico puramente norte-americano chamado de regionalismo americano. Assim como Thomas Hart Benton, Grant Wood era um artista que retratava o meio-oeste americano, que era essencialmente um ambiente rural.

Grant Wood estudou artes na Escola de Design, Artesanato e Arte Normal de Minneapolis, também entrou para a The Handicraft Guild uma instituição que era administrada por mulheres. O artista se mudou para a cidade de Chicago para continuar seus estudos em arte se matriculando na School of the Art Institute of Chicago, uma instituição artística renomada. Wood seguiu o caminho da maioria dos artistas dos Estados Unidos da época se mudando para Paris e estudando na famosa Académie Julian.

De volta aos Estados Unidos, Grant Wood passou um tempo Stone City Art Colony, uma colônia de artistas. Depois disso ele retornou à Iowa onde lecionou artes na Universidade de Iowa. O artista treinou até os anos de 1930, após esse período ele trabalha nas suas pinturas mais conhecidas. Uma das pinturas de Grant Wood, já citada no começo do textos foi a famosa American Gothic.

American Gothic por Grant Wood. (wikicommons/ domínio públcio)

American Gothic é uma pintura regionalista de Grant Wood. O artista retratou sua irmã, Nan Wood Graham, e seu pai Dr. Byron McKeeby. Essa pintura foi feita para um concurso no Art Institute of Chicago, um dos juízes desse concurso considerou que essa pintura era como se fosse um dia dos namorados cômico. American Gothic acabou ganhando o terceiro lugar nesse concurso e recebeu uma medalha de bronze. A pintura se tornou uma sensação na época, atraindo opiniões divergentes, alguns consideravam que a obra era uma sátira, outros detestaram e outros adoraram essa pintura.

Wood utiliza uma paleta de cores marrom, bege, azul, cinza e bordô, os personagens são retratados com certo realismo, a mulher tem uma expressão facial fechada com os olhos virados para o lado direito, o homem olha para a frente. Os trajes que Wood usou para representar as duas figuras no quadro, remetem à área rural dos Estados Unidos no século XIX. A pintura recebeu esse nome de American Gothic por causa da arquitetura da casa que é do estilo gótico rural.

O regionalismo de Grant Wood faz um retrato realista da sociedade americana, por isso suas pinturas também fazem parte do chamado realismo social. Longe de retratar situações ideais, o realismo de Wood servem para mostrar a vida cotidiana e a dureza da vida no campo. American Gothic foi pintada em 1930, um ano após a quebra da bolsa de valores de Nova Iorque em 1929. A maioria dos artistas viviam na cidade de Nova Iorque, que se tornou um ambiente triste graças à grave crise econômica que os Estados Unidos estava passando, por isso, artistas como Grant Wood e Thomas Hart Benton se voltaram para o interior do país.

Uma outra pintura de Grant Wood se chama Filhas da Revolução.

Filhas da Revolução, Grant Wood. (wikicommons/ domínio públcio)

Filhas da Revolução foi pintada num contexto em que Grant Wood estava descontente com o grupo denominado Filhas da Revolução Americana (Daughter’s of the American Revolution- DAR). Uma encomenda de um vitral havia sido feita a Wood como parte de um memorial dedicado aos soldados americanos que lutaram na Primeira Guerra Mundial. O artista achava que a qualidade do vidro feito nos Estados Unidos era baixa e o que era fabricado na Alemanha tinha mais qualidade. Porém, devido à origem alemã do material, muitos patriotas foram contra essa utilização, um desses patriotas eram o grupo Filhas da Revolução Americana.

Como forma de expressar sua indignação contra esse grupo de mulheres patriotas o artista pintou uma tela sobre o tema. Na obra podemos ver que existe um quadro atrás das três mulheres, essa pintura se chama Washington Crossing the Delaware que foi pintada por Emanuel Leutze, um pintor alemão que retratava a história americana. Wood alegava que o grupo estava tentando criar uma aristocracia numa república, por isso a representação das três mulheres com uma delas segurando uma xícara.

Outra pintura de Grant Wood, com temas americanos, se chama Parson Weems ‘Fable:

Parson Weems ‘Fable por Grant Wood. (wikicommons/ domínio públcio)

A pintura acima é sobre uma história com o jovem George Washington para relembrar as bases da democracia. A obra foi pintada em 1939, numa época em que o fascismo estava em ascensão na Europa.

O artista fez diversas pinturas com temas patriotas como a obra chamada Midnight Ride of Paul Revere:

Midnight Ride of Paul Revere por Grant Wood.

Midnight Ride of Paul Revere é uma pintura patriota que mostra um evento da Revolução Americana que foi a cavalgada à meia-noite feita por Paul Revere para avisar que tropas britânicas estavam se aproximando. As obras de Grant Wood na década de 1930 são sobre temas considerados patrióticos, para lembrar as pessoas sobre a importância da democracia.

Grant Wood morreu no ano de 1942 deixando como legado pinturas que são uma parte importante da História da Arte dos Estados Unidos.

Compre meu e-Book na Amazon:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.