Os Simpsons; humor ácido, sátiras e controvérsias

Os Simpsons é um show de comédia e humor sarcástico feito em forma de animação, o programa foi lançado no dia 17 de dezembro do ano de 1989. Este programa é muito popular, não poupa críticas a nada e nem ninguém, cria situações absurdas que muitas vezes se tornam reais e por isso muitos acham que o programa é capaz de fazer previsões. Desde a eleição de Donald Trump até mesmo a destruição de King’s Landing de Game of Thrones pela khaleesi Daenerys Targaryen usando um dos seus dragões para tacar fogo na cidade, Os Simpsons já mostraram quase tudo no que se refere à absurdos.

Um pouco sobre a história de Os Simpsons

A ideia e a concepção da família Simpsons surgiu quando o produtor do programa The Tracey Ullman Show, James L. Brooks, quis incluir neste programa pequenos esquetes animados. Brooks conheceu o trabalho do até então cartunista Matt Groening, Ainda no ano de 1986, surgiu a ideia de uma família disfuncional, e Groening criou a família Simpsons utilizando o nome de seus próprios familiares, menos o nome Bart, que foi adaptado de um anagrama da palavra brat. No ano de 1987 a esquete foi apresentada pela primeira vez no The Tracey Ullman Show.

Como eram os personagens dos Simpsons no The Tracey Ullman Show.

A esquete dos Simpsons foi apresentada por mais três temporadas e alcançou uma popularidade enorme. Em 1989 produtores adaptaram o esquete a um episódio para ser apresentado em meia hora no canal da Fox. Dessa vez os responsáveis pela animação são Groening, Brooks e Sam Simon, eles assinam um contrato com uma cláusula que impede a Fox de interferir no conteúdo do programa. A Fox encomendou treze episódios completos, apostando no potencial do show.

Os Simpsons na primeira temporada do programa. (Reprodução)

A primeira temporada de Os Simpsons é lançada e o primeiro episódio é exibido no dia 17 de dezembro de 1989. “Simpsons Roasting on an Open Fire”, é o primeiro episódio oficial de Os Simpsons, e apresenta uma estética modificada do que era apresentada nos esquetes em The Tracey Ullman Show, com algumas adaptações, esse será o visual do programa. O programa se classificou entre os 30 programas de maior audiência da Fox e ganhou um Emmy.

“Life on the Fast Lane” foi o episódio que ganhou o Emmy, nele Homer acaba instigando uma paixão de Marge por um instrutor de boliche quando esquece de comprar um presente de aniversário para Marge e acaba dando uma bola de boliche que comprou pra si mesmo.

Cena do episódio ganhador do Emmy. (Reprodução)

Devido ao sucesso da série, o canal da rede Fox decidiu mudar o horário do show para conseguir mais audiência e decidiu colocar Os Simpsons no mesmo horário de um programa concorrente The Cosby Show, no horário das 20h no domingo, antes do horário de outro programa popular da Fox, a série Beverly Hills, 90210. O primeiro episódio da segunda temporada foi “Bart Gets an ‘F'”. A decisão de colocar Bart no centro da história aconteceu por causa da popularidade do personagem Bart Simpsons, um fenômeno que chamaram de Bartmania.

Personagem Bart Simpsons. (Pixabay)

Este primeiro episódio da segunda temporada teve uma boa recepção e audiência, ficando atrás apenas do The Cosby Show.

Cena do episódio Bart consegue um F. (Reprodução)

O personagem do Bart Simpsons é polêmico pois nos primeiros episódios o comportamento errático de Bart geralmente não é punido e nem repreendido. Por causa disso alguns pais e também as escolas públicas americanas proibiram qualquer referência ao programa. Muitos acham que o episódio Bart consegue um F, em que o personagem falha quatro vezes nos testes e é recomendado que ele repita de ano, foi uma respostas as críticas sobre o Bart, mas isso foi negado pelos produtores.

Devido a desentendimentos com Groening, Sam Simon deixa a série em 1993, mas não sem antes assinar um acordo de recebimento por merchandising em Os Simpsons e os créditos como produtor executivo a cada final de episódio, apesar de não ter mais trabalhado na produção do programa desde então.

Após a quinta temporada do show, vários escritores que trabalharam nas temporadas anteriores, deixaram o programa, e Os Simpsons também muda de showrunner, David Mirkin assume como showrunner para a quinta e sexta temporada.

Na sétima e oitava temporada o novo showrunner Bill Oakley que assumiu o programa do show junto com Josh Weinstein queria o retorno do Homer da segunda e terceira temporada, um Homer amoroso, entusiasta, e meio idiota. Também é na sétima temporada que Lisa Simpson se torna vegetariana no episódio “Lisa the Vegetarian“.

Lisa vegetariana. (Reprodução)

No episódio “The Itchy & Scratchy & Poochie Show” o enredo mostra a preocupação que os produtores tem quando estão trabalhando numa animação de longa duração, em analogia a situação de Os Simpsons, um programa que até o momento estava há oito anos no ar. Entre os produtores e roteiristas sempre havia esta preocupação de não estragar o show. Tanto que os showrunners Oakley e Weinstein deixaram o programa e alegaram que não queriam continuar para não estragar a série.

Mike Scully assume o programa como showrunner com a missão de não destruir o show, porém as críticas as temporadas feitas por Scully são muito duras, mas muitos o defendem pois consideram injusta a comparação de suas temporadas com o auge de Os Simpsons.

Em 2007 Os Simpsons ganha um filme: “Os Simpsons o filme”.

Os Simpsons o filme.

Atualmente a série possui 32 temporadas, e a Walt Disney Company adquiriu a 21st Century Fox, se tornando a proprietária da série.

Controvérsias e Previsões

” The Principal and the Pauper ” que tem um enredo onde o diretor Skinner se declara um impostor se tornou um dos episódios controversos de Os Simpsons, pois a crítica considerou este episódio da oitava temporada o início do declínio de Os Simpsons, muita gente não gostou dos rumos que a série apresentou neste episódio em particular.

Cenas do episódio O diretor e o indigente. (Reprodução)

Em Bart vs. Australia é o primeiro episódio que os Simpsons visitaram outro país. Este episódio foi mal recebido na Austrália pois segundo os australianos o show retratou o país e o povo de uma forma extremamente estereotipada. Isto também aconteceu com o episódio em que os Simpsons vem para o Brasil, mostrando o Rio de Janeiro como uma cidade suja e cheia de ratos (na verdade eles erraram de cidade brasileira, e tem mais baratas do que ratos), com macacos andando pela cidade (novamente é em outra cidade que isso acontece) e com policiais preguiçosos (na verdade seriam milícias) e a secretaria do turismo da cidade do Rio de Janeiro ameaçou processar a série.

Lisa e Homer na cidade do Rio de Janeiro.

Isto causou um mal estar entre o Brasil e os produtores pois o nosso país é retratado de forma pejorativa mais vezes e é citado diversas outras vezes também.

No ano de 2000 um dos episódios do programa mostrou Donald Trump como presidente dos Estados Unidos. Em 2016 Trump foi eleito presidente dos Estados Unidos e muitos falaram que a série previu o futuro.

Donald Trump presidente em Os Simpsons. (Reprodução)

Um outro episódio dos Simpsons do especial de Halloween, Homer Simpson aparece num futuro apocalíptico em janeiro de 2021, muitos associaram isso à invasão do Capitólio feita por extremistas de direita.

Os Simpsons ainda é um show muito popular com mais de 30 anos de exibição na TV. Com certeza mais momentos marcantes de Os Simpsons virão.

6 comentários em “Os Simpsons; humor ácido, sátiras e controvérsias

  1. Gosto muito da série e me espanta que esteja no ar ainda num mundo cada vez mais dominado pelo politicamente correto. Publiquei um post sobre os primeiros trabalhos do criador dos Simpsons, o livro vida no inferno, ali da pra ver os primeiros traços e a origem da família. Mas temo que ainda veremos Bart falando o quanto é errado zombar dos coleguinha, e Homer discorrendo sobre os males das bebidas alcoólicas e da alimentação baseada em gorduras, açúcar etc rsss. Será?

    Curtido por 3 pessoas

Deixe uma resposta para Douglas de Mira Hoshino Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.