Nicolas Poussin, o pintor do barroco francês

Mais um grande nome na história da arte. Nicolas Poussin nasceu no ano de 1594 e é um pintor do movimento artístico barroco francês. Esta corrente artística diverge do barroco holandês por causa da adesão a temas clássicos e menos dramaticidade na obras, resultando em composições mais sóbrias do que acontece nas obras de Rembrandt por exemplo. Poussin pinta temas religiosos e mitológicos sendo considerado uma grande inspiração clássica para artistas como Jacques-Louis David.

O pintor barroco Quentin Varin conheceu Poussin e incentivou ele a seguir pelos caminhos da arte, pois viu um grande potencial no artista. Não se sabe se Poussin teve algum tipo de aprendizagem no ateliê de Varin, mas muitos de seus trabalhos mostram uma clara influência de Quentin Varin, principalmente no que se refere a expressões faciais e cores.

Cristo no monte das oliveiras, Quentin Varin. (wikipedia)

Poussin foi à Paris em busca de treinamento técnico em arte, sem dinheiro ele encontra um protetor anônimo que patrocina seus estudos de arte. Em Paris o artista aprende primeiro no estúdio de pintura de Ferdinand Elle e depois do artista Georges Lallemant. Poussin também conhece um criado de Maria de Médicis que o apresenta a diversas obras de arte como as de Rafael.

Pintura de Georges Lallemant. (wikipedia)

Sua experiência com Ferdinand Elle não foi tão interessante pro artista pois Elle pintava mais retratos, um gênero que não atraia Poussin. Com Lallemant ele também não teve tanta sorte e não gostou da técnica de aprendizagem de seu professor.

O artista gostaria de ir pra Roma mas só conseguiu chegar à Florença. Felizmente essa região da Florença também é um centro artístico importante, e neste lugar o artista teve contato com obras de arte de artistas como Michelangelo. Ele acaba voltando à Paris e faz algumas obras para igrejas e conventos. Poussin faz um segunda tentativa de chegar em Roma mas só consegue ir até Lyon. Após essa viagem ele recebe uma série de encomendas importantes.

Um de seus clientes, Giambattista Marino, se tornou seu amigo e o convidou para passar uma temporada em sua casa em Roma e finalmente Poussin consegue seu objetivo de chegar nesta cidade. Em Roma ele fez suas obras mais conhecidas, entre elas A Inspiração do poeta.

A inspiração do poeta, Poussin. (wikipedia)

E Roma ele aprendeu a pintar nus artísticos na academia de arte de Domenichino. O artista estudou mais a fundo as obras de Raphael e o renascentismo. Frequentou a academia de São Lucas e começou a se aproximar do estilo artístico clássico inspirado nas obras greco-romanas. O artista conseguiu diversos patronos na cidade de Roma.

Porém a sorte abandona ele e Marino retorna para Nápoles e seu outro patrono o cardeal Francesco Barberini é mandado para a Espanha. Sem uma esposa rica para patrocinar sua arte, Poussini acaba passando um ano de dificuldades, ele acaba pegando sífilis e na época não havia tratamento efetivo para essa doença. Poussini consegue uma família que o acolhe, os Dughet, e o artista acaba casando com Anne-Marie Dughet, mas infelizmente diferente de Rembrandt, Jacques-Louis David e Johannes Vermeer, Anne não era tão rica e não podia patrocinar o artista. Mas felizmente seus patronos retornam à cidade e fazem encomendas a Poussin. E o Cardeal Barberini encomendou a obra A morte de Germanicus.

A Morte de Germanicus, Poussin. (wikipedia)

Essa obra quando ficou pronta fez muito sucesso e por isso foi encomendada outra pintura O Martírio de São Erasmo. Considerada a obra mais barroca de Poussin, O Martírio de São Erasmo, não agradou tanto quanto a pintura anterior do artista. Graças as críticas, Poussin não aceita mais encomendas públicas e pinta somente para clientes particulares.

O martírio de São Erasmo.

O martírio de São Erasmo possui a característica barroca de pintar cenas com a ação no ápice, podemos ver na pintura o momento que São Erasmo é torturado. Outras correntes artísticas se caracterizam por cenas antes do ápice, ao contrário do que acontece com o barroco, em que as obras possuem um grande toque dramático.

O rico banqueiro Vincenzo Giustiniani encomendou uma obra de Nicolas Poussin, O Massacre dos Inocentes. Outra obra com características barrocas marcantes, que expressa o horror desta cena quase em seu ápice.

O massacre dos inocentes, Poussin. (wikipedia)

Um dos clientes de Poussin fez uma encomenda de obra no intuito de lavar dinheiro de jóias roubadas, Fabrizio Valguarnera, que também encomendou uma cópia desta obra de Poussin. Valguarnera fazia diversas encomendas de arte com o objetivo de esconder seus crimes lavando dinheiro de roubo através de obras de arte, uma prática que também acontece hoje em dia. A obra que Poussin fez para Valguarnera foi o quadro A Peste de Ashdod.

A Peste de Ashdod, Poussin. (wikipedia)

O sucesso comercial de Poussin atraiu a atenção da corte parisiense que ofereceu ao artista, com a autorização do rei Luís XIII o título de primeiro pintor real e uma residência no palácio das Tulherias. Em Paris ele pinta diversas obras, uma delas é O Milagre de São Francisco Xavier. Ele também pinta o teto do palácio do Louvre.

O milagre de São Francisco Xavier, Poussin. (Imagem: wikipedia)

Após a morte do Rei Luís XIII, e do Cardeal Richelieu, Poussin retorna a Roma e passa o final de sua vida nesta cidade. Ele morreu em 1665, provavelmente em decorrência da sífilis, uma doença fatal se não tratada.

Referências:

https://en.wikipedia.org/wiki/Nicolas_Poussin

6 comentários em “Nicolas Poussin, o pintor do barroco francês

  1. Mă bucur și îți mulțumesc că ai vizitat blogul meu ”Din largul vieții”. Mă bucur mai ales pentru faptul că astfel am făcut cunoștință cu blogul tău și am aflat că avem preferințe comune. Dovada: un alt blog al meu, pe care te invit să îl vizitezi https://povestiripescurt.blogspot.com Vei găsi acolo postări de artă, recenzii de carte, povestiri de lecturi, multe fotografii. Te aștept!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.