Camponesas Bretãs no Prado, a estética pós-impressionista aperfeiçoada por Émile Bernard

Camponesas Bretãs no Prado é uma pintura de Émile Bernard. O artista foi um dos grandes representantes do movimento artístico neoimpressionista. Bernard aprendeu as técnicas de arte do pintor controverso Paul Gauguin. O pintor modernista também foi um grande amigo de Vincent Van Gogh e Paul Cézanne. Em Pont-Aven, Bernard se juntou a outros artistas … Continue lendo Camponesas Bretãs no Prado, a estética pós-impressionista aperfeiçoada por Émile Bernard

Visão após o sermão, Émile Bernard, e o início do simbolismo

Visão após o sermão é uma pintura de Émile Bernard. O artista faz parte do movimento pós-impressionista na vertente do cloisonismo e no sintetismo, esses termos depois foram conectados ao simbolismo. Bernard fazia obras com cores puras e vibrantes, de acordo com o sintetismo, o artista deveria buscar representar os sentimentos e representar isso utilizando … Continue lendo Visão após o sermão, Émile Bernard, e o início do simbolismo

Louis Anquetin e o Cloisonnismo pós-impressionista

O Cloisonnismo é uma técnica de pintura pós-impressionista que constitui-se na pintura de áreas planas com contornos bem definidos, de preferência linhas pretas. A utilização de cores mais vivas e primárias são vistas nas obras cloisonistas. Essa técnica também se refere à o material utilizado nessas pinturas do cloisonnismo que cria esse efeito de linhas … Continue lendo Louis Anquetin e o Cloisonnismo pós-impressionista

Émile Bernard e o pós-impressinismo

Émile Henri Bernard nasceu no ano de 1868 na cidade de Lille na França. Bernard fez parte do movimento artístico do pós-impressionismo além de se encaixar nas técnicas de pintura do cloisonnismo e do sintetismo, junto com o artista Paul Gauguin foi um dos artistas mais importantes do pós-impressionismo. Émile Bernard, além de pintor, foi … Continue lendo Émile Bernard e o pós-impressinismo