Konstantine Korovin, um impressionista russo

Konstantin Alekseïevich Korovine nasceu no ano de 1861 em Moscou na Rússia. O artista faz parte do movimento artístico do impressionismo europeu. Além de ter feito parte dessa corrente artística que se tornou popular por toda a Europa, Konstantine Korovin também pintou outra estética chamada de Art Nouveau. Korovin pode ser considerado um dos primeiros artistas impressionistas russo. O artista confeccionou cenários para peças de teatro.

Na Rússia seu pai foi registrado oficialmente como um comerciante e sua mãe como uma artista, e seu irmão também seguiu carreira como um pintor mas do movimento artístico realista, já Konstantine Korovin não se adaptou a esse estilo artístico e acabou se tornando um pintor impressionista.

O artista começou estudar técnicas artísticas na Escola de Pintura, Escultura e Arquitetura de Moscou e depois continuou aprendendo arte na Academia Russa de Belas Artes de São Petersburgo, porém não gostou do método de ensino. Konstantine Korovin decidiu viajar pela Europa, em Paris o artista encontrou o movimento artístico do Impressionismo, mais tarde Korovin escreveria que o impressionismo era a arte que haviam repreendido em Moscou. Uma das obras de Konstantine Korovin que datam de 1880 se chama Crepúsculo em uma sala.

Crepúsculo em uma sala, Konstantine Korovin.

Crepúsculo em uma sala é uma pintura que possui características do movimento artístico do impressionismo. Korovin pintou essa obra com as pinceladas rápidas do impressionismo, mas ainda utiliza uma paleta de cores um tanto escurecida, com tons amadeirados, avermelhados, típicos do que se esperaria de uma pintura mais acadêmica de um ambiente mais fechado, e pouco iluminado, como parece ser o caso do cenário retratado pelo artista.

A partir da década de 1910 o artista começa a pintar obras ao ar livre como podemos ver em Duas senhoras em um terraço.

Duas senhoras em um terraço, Konstantine Korovin.

Duas senhoras em um terraço é uma pintura impressionista que o artista fez ao ar livre, essa obra apresenta as mesmas características de pinturas como as de Claude Monet, porém Korovin usa pincéis com espessura maior e por isso os elementos representados na tela não possuem muitos detalhes. Konstantine Korovin utilizou uma paleta de cores mais alegre, escolheu uma hora do dia mais animada e uma estação do ano que provavelmente deve ser a primavera.

O artista não pintou somente pinturas impressionistas, Korovin também teve contato com a Art Nouveau, provavelmente por seu trabalho como designer de cenário em teatros. Por isso uma de suas pinturas com características impressionistas e de Art Nouveau de Konstantine Korovin se chama Cais em Gurzuf.

Cais em Gurzuf, Konstantine Korovin.

Cais em Gurzuf é uma pintura que tem características impressionistas misturadas com art nouveau. Nessa obra temos as pinceladas mais rápidas e pixeladas do movimento impressionista, mas o uso das cores e a combinação delas faz com que a pintura pareça um vitral. Konstantine Korovin cria um efeito de pintura impressionista vitral.

Muitas obras de Korovin que poderiam ser colocadas como puras pinturas de Art Nouveau acabaram se perdendo. Porém o artista pintou outras obras impressionistas como a pintura abaixo que mostra uma mulher numa paisagem vestida de amarelo.

Mulher vestida de amarelo, Konstantine Korovin.

Em Mulher vestida de amarelo o artista retrata uma mulher numa paisagem marítima, em que ela se encontra no lado esquerdo e o mar do lado direito. O artista pintou uma imagem tipicamente impressionista, assim como as paisagens de Claude Monet, Korovin registrou suas impressões sobre o cenário, a figura da mulher, o sol, os contrastes, as cores, criando uma pintura impressionista. Konstantine Korovin era considerado um artista impressionista russo muito habilidoso.

Além de suas paisagens impressionistas diurnas, Konstantine Korovin também pintava cenários noturnos como podemos ver em Arco de St. Denis em Paris.

Arco de St. Denis em Paris, Konstantine Korovin.

Arco de St. Denis em Paris é uma pintura que o artista utiliza um estilo artístico próprio, não vemos as pinceladas impressionistas, Korovin escolheu retratar esse cenário noturno, provavelmente chuvoso pelo reflexo na calçada usando uma paleta de cores própria, o céu é verde, podemos ver a escolha de tons amarelos para retratar alguns locais iluminados, podemos ver algumas pessoas andando pela rua, o arco se encontra de perfil. Tudo que aparece nesse cenário Korovin retratou de um jeito próprio. Essa pintura foi concluída na década de 1930.

Outra pintura de Paris que o artista também pintou na década de 1930 está na imagem abaixo:

Paris, Konstantine Korovin.

Na pintura acima podemos ver um pouco do estilo artístico da Art Nouveau, além dessa estética mais madura desenvolvida por Korovin. Paris aparece nublada, chuvosa, temos uma paisagem noturna, o local retratado aparece lotado de pessoas, o chão aparece molhado mostrando o reflexo das pessoas, edifícios e carros.

O artista expos suas obras na Exposição Universal de Paris e também na exposição russa dos Ambulantes ou Itinerantes que era um grupo de artista que viajava para o interior da Rússia para mostrar a arte russa no interior do país.

Konstantine Korovin morreu no ano de 1939.

Compre meu e-Book na Amazon:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.