Gustave Courbet, um realismo social

Gustave Courbet nasceu no ano de 1819 em Ornans no departamento de Doubs na França. O artista fez parte do movimento artístico do Realismo. Coubert foi um dos primeiros pintores a se rebelar com a arte academicista além de ser um artista que participava da política, sendo um republicano eleito tendo participado da Comuna de Paris, na sua época o artista também era apoiado pelo escritor e poeta Charles Baudelaire.

O artista nasceu numa família de revolucionários, seu avô havia lutado na Revolução Francesa. Além disso, os Couber eram uma família muito rica, proprietária de fazendas, e Gustave era herdeiro das terras. Gustave Coubert era um pintor autodidata, pois suas tentativas de estudar arte com professores e em instituições de ensino falham, pois ele não gosta da arte clássica.

Primeiro o artista buscou inspiração nas obras literárias para compor suas pinturas, depois Coubert decidiu pintar observações da realidade que o cercava. Uma das obras de Gustave Coubert em Ornans é a pintura de paisagem chamada de A ponte Nahin.

A ponte Nahin, Gustave Coubert.

A ponte Nahin é uma pintura de paisagem realista, Coubert retrata um cenário com uma paleta de cores bem naturais, diferente das pinturas românticas que escolhiam momentos de tempestades e fúria da natureza, temos a representação de um céu claro, uma ponte, do lado direito umas casas e edifícios e do lado esquerdo árvores e um morro, nada que cause nenhum impacto emocional.

No começo de sua carreira, por volta da década de 1840, Gustave Coubert pintava muitos autorretratos, os quais possuíam concepções muito emocionais, por isso podem ser consideradas românticas, um desses autorretratos se chama Autorretrato com cachorro preto.

Autorretrato com cachorro preto, Gustave Coubert.

Autorretrato com cachorro preto é uma pintura que o artista concluiu em 1842 submeteu ao Salão de Paris em 1844 e que acabou sendo aceita para ser exibida nesse evento. Nessa pintura o artista já mostra o início de sua estética artística, como a sua paleta de cores mais sóbria, Coubert não faz pinturas multicoloridas. É interessante notar a presença do cachorro, pois animais de estimação são mais comuns em pinturas antigas do que as pessoas pensam. A composição do autorretrato mostra um Coubert se preparando para viajar, algo que ele vai fazer dois anos depois do Salão de Paris de 1844.

Uma das obras de arte de Gustave Coubert se chama After Dinner at Ornans.

After Dinner at Ornans, Gustave Coubert.

After Dinner at Ornans é uma pintura realista de Gustave Coubert que foi exibida no Salão de Paris em 1849, foi graças a essa pintura que o artista ganhou o privilégio de expor qualquer pintura sem precisar passar por um júri. No ano de 1846-47 Gustave Coubert empreendeu viagens para lugares como Bélgica e Holanda, onde conheceu obras de artistas como Rembrandt, e retornou um homem mudado, por isso ele começou a pintar telas com temas sociais, que é o caso de After Dinner at Ornans.

Quanto a qualidade estética de After Dinner at Ornans temos uma paleta de cores marrom, verde, branco e bege. As figuras retratadas na tela parecem desoladas, até o cachorro para estar sendo maltratado pelo dono (o primeiro caso que eu vi em pintura). Por retratar esse cenário desolador, Coubert chamou a atenção para sua arte na época, e por isso foi premiado, pois ele consegue fazer as pessoas sentirem a desolação somente olhando para a pintura.

Coubert continuou pintando obras com esses temas sociais, uma dessas pinturas que se tornou popular na época se chama Stonebrakers.

Stone Brakers, Gustave Coubert.

Stone Brakers também é uma pintura realista de denúncia social, foi exibida no Salão de Paris no ano de 1850, e também causou uma enorme polêmica na época. A cidade de Paris na França era considerada a capital da arte do mundo ocidental, então os temas eram sobre a classe alta, paisagens bonitas, flores e frutas. Por isso que uma pintura social causava tanta polêmica, mas nessa época a Europa também estava vivendo convulsões sociais, por isso que ter esse tipo de pintura era algo inevitável.

Infelizmente, a pintura Stone Brakers original acabou sendo destruída num bombardeio na Segunda Guerra Mundial.

Gustave Coubert é conhecido por duas pinturas, uma delas é o Homem Desesperado que é um autorretrato seu e está na imagem abaixo.

Homem Desesperado, Gustave Coubert.

Homem Desesperado é uma pintura que faz parte daqueles autorretratos que o artista pintou no começo de sua carreira na década de 1840, essa obra foi concluída no ano de 1841. Recentemente essa imagem se tornou famosa porque realmente é a expressão de uma pessoa desesperada.

Gustave Coubert se envolveu numa disputa política quando escreveu uma carta para um político pedindo para remover um monumento querido pelos franceses para outro lugar, então o artista foi atacado por causa desse palpite. Um resumo do ocorrido está na Wikipedia: https://en.wikipedia.org/wiki/Gustave_Courbet

Gustave Coubert morreu em 1877.

Compre meu e-Book na Amazon:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.