Edmund C. Tarbell, um artista impressionista americano

Edmund Charles Tarbell nasceu em 1862, na cidade de Groton em Massachusetts nos Estados Unidos. O artista fez parte do movimento impressionista americano, sendo um parte do grupo de artistas conhecido pelo nome de “Os dez pintores americanos”, um grupo que tinha como objetivo a exposição de suas obras unificadamente. Tarbell também faz parte do que viria ser conhecido como Escola de Boston.

O artista ficou órfão de pais muito cedo, sendo criados pelos seus avós, e foi enviado para estudar arte na Faculdade de Arte e Design de Massachusetts. Tarbell também se matriculo na Escola de Belas Artes de Boston, onde conheceu Frank Weston Benson, um grande artista impressionista americano. Edmund Tarbell se mudou para Paris e passou a estudar com Gustave Boulanger na Academia Julian. Boulanger foi o artista que pintou Répétition du “Joueur de flûte” et de la “Femme de Diomède” chez le prince Napoléon.

Répétition du “Joueur de flûte” et de la “Femme de Diomède” chez le prince Napoléon, Gustave Boulanger.

Répétition du “Joueur de flûte” et de la “Femme de Diomède” chez le prince Napoléon é uma pintura histórica acadêmica, que se tornou uma das pinturas mais famosas e aclamadas de Gustave Boulanger.

Com Boulanger Edmund Tarbell aprendeu a rígida pintura acadêmica, o artista também teve contato com os movimentos impressionistas que eram contra essa rigidez artística, além disso, Tarbell fez o famoso Grand Tour pela Europa para conhecer as obras dos chamados antigos mestres. O artista retornou à Boston com todo esse aprendizado.

Uma das pinturas do artista que reúnem todo esse conhecimento se chama No Pomar.

No Pomar, Edmund C. Tarbell.

No Pomar é uma pintura impressionista que foi pintada ao ar livre no mesmo estilo das pinturas de Claude Monet e Édouard Manet. As pinceladas são rápidas, a paleta de cores é natural mas com tons mais alegres. A temática mostra cinco mulheres da classe alta num jardim conversando num agradável dia de primavera ou verão. Essa pintura foi concluída em 1891, no ano seguinte ele pintou Mãe e Filho num barco.

Mãe e Filho num barco, Edmund C. Tarbell.

Mãe e Filho num barco também é uma pintura com características impressionistas, Tarbell também escolheu uma paleta de cores realistas e soube criar uma obra bem natural, o reflexo da água, a cor das folhas na árvore, a iluminação sobre o barco, a mãe e a criança dão realismo à essa pintura.

Quando Tarbell retornou a Boston em 1889, ele chegou com uma certa reputação e ensinou diversos jovens artistas em suas técnicas de pinturas que ele desenvolveu em suas viagens na Europa. Porém seu trabalho como professor de arte, e alguns conflitos como o que ocorreu em 1912, quando um de seus empregadores contratou uma pessoa no qual o artista desenvolveu divergências Seu seu estilo artístico muda um pouco e suas obras começam a retratar mais o interior das residências como na pintura Menina Lendo.

Menina Lendo, Edmund C. Tarbell.

Menina Lendo é uma pintura que lembra um pouco as obras do barroco holandês como as obras de Johannes Vermeer, mas sem a obsessão pelas cores azul ultramarino e amarelo cádmio que o artista holandês possuía, também não existe dez crianças na casa e dificuldade financeira, então o cenário pintado não é somente um just pretend to be. Porém Edmund C. Tarbell se arriscou a pintar com essas duas cores Johannescas (amarelo cádmio e azul ultramarino) como podemos ver em outra pintura de Tarbell chamada de As Irmãs.

As Irmãs, Edmund C. Tarbell.

Diferente da Menina Lendo que possui um toque de barroco holandês, As Irmãs é uma pintura tipicamente impressionista, todas as obras que eu apresentei até agora estão em ordem cronológica crescente. Nessa obra o artista utilizou pinceladas leves, e em sua paleta de cores está as duas cores de Johannes Vermeer, amarelo cádmio e azul ultramarino. com a ascensão da revolução industrial, e os métodos de produzir em série, diversos materiais se tornaram mais baratos, o azul ultramarino era uma cor muito cara porque ela era produzida a partir de uma pedra semipreciosa chamada de lápis-lazúli.

Uma outra pintura interior de Edmund C. Tarbel se chama Mãe e Mary.

Mãe e Mary, Edmund C. Tarbell.

Mãe e Mary é uma pintura com características impressionistas com um pouco de neoclassicismo, como as obras que retratam interiores que utilizam a luz e as proporções certas, o uso da paleta de cores que faz essa pintura também ter toques de impressionismo, resultando numa obra de estilo único de Edmundo C. Tarbell, essa tela foi concluída em 1922 e mostra que o artista atingiu uma estética mais madura.

Edmund C. Tarbell morreu em 1938 em New Castle, New Hampshire.

Referências e Imagens:

https://en.wikipedia.org/wiki/Edmund_C._Tarbell

Compre meu e-Book na Amazon:

Um comentário em “Edmund C. Tarbell, um artista impressionista americano

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.