A Dama e o Unicórnio e a Arte da Tapeçaria

A tapeçaria, um tipo de arte têxtil, é feita através de técnicas de tecelagem no qual o artista cria tramas que contém imagens. Apesar de poder ser confundida com o bordado, a tapeçaria difere deste porque as imagens são confeccionadas na trama da peça e não são desenhadas num tecido pronto. Essas tapeçarias eram feitas para serem penduradas na parede.

Essas tapeçarias eram encomendadas geralmente por pessoas muito ricas, pois era uma obra de arte difícil de ser feita, além de necessitar de diversos materiais, algumas dessas peças de tapeçaria usavam fios de ouro ou prata. Então, era um produto destinado a poucos privilegiados.

Existem registros antigos sobre a origem da arte da tapeçaria, uma dessas peças mais antigas já encontradas é a tapeçaria de Sampul que foi descoberta numa cidade da China chamada Sampul. Essa tapeçaria é datada do período helenístico, século I d.C, na época de Alexandre, O grande; pois o tema que se encontra é de origem grega.

Na parte superior dessa peça está representada o centauro e abaixo um guerreiro usando um diadema. Esse fragmento é uma parte muito pequena do que seria a tapeçaria original, pois a peça foi usada para confeccionar uma calça.

Até mesmo os vikings possuíam tapeçarias. Uma dessas tapeçarias que sobreviveram ao tempo se chama Tapeçarias Överhogdal.

O significado das figuras que estão nessa tapeçaria ainda é alvo de debates, mas sabe-se que nessa peça existem tanto elementos nórdicos quanto cristãos. Durante as invasões vikings na Inglaterra, esse povo entrou em contato com os religiosos que viviam em igrejas e mosteiros perto da costa. Existe a teoria de que os eventos retratados nessa tapeçaria seriam os que acontecem no Ragnarok.

As tapeçarias tinham funções que iam além de ser apenas parte de uma decoração, cada peça era cuidadosamente tecida por artesãos, e muitas delas retratavam eventos históricos e mitologias. Existem peças que são confundidas com tapeçarias, e na verdade são uma série de bordados como acontece com a Tapeçaria Bayeux.

A Tapeçaria Bayeux mostra os eventos que resultaram na famosa batalha de Hastings. Essa peça exerce a função das tapeçarias medievais, existe até mesmo a representação do cometa Halley que estava visível nos céus nessa época.

Quando pensamos em Idade Média, um dos itens importantes que representam esse período são as Tapeçarias Medievais.

Os temas das tapeçarias medievais envolvem o conteúdo militar, ou seja, uma narrativa sobre alguma batalha; as caçadas, as paisagens, além das histórias alegóricas como encontramos na famosa tapeçaria A Dama e o Unicórnio:

Tapeçara a Dama e o Unicórnio.

Essa tapeçaria foi feita numa série de seis peças e mostra a história sobre uma mulher e os sentidos: cheiro, tato, olfato, visão e audição. Do lado esquerdo da Dama está o leão e do lado direito, o unicórnio. O fundo dessa peça de arte têxtil foi feito com um estilo chamado de Millefleur, em que são feitos padrões de flores e plantas pequenas.

Geralmente o Millefleur é confeccionado usando um fundo verde, mas no caso da Tapeçaria acima, o fundo escolhido foi o vermelho. Um dos motivos para escolher essa cor está no motivo da tapeçaria A Dama e o Unicórnio, pois, além de retratar os sentidos, também mostra o amor cortês. Uma das peças dessa tapeçaria mostra uma frase um tanto enigmática À Mon Seul Désir (meu único desejo), que é a imagem que está representada acima.

Para ver como o tema dos sentidos foram representados, coloquei na imagem abaixo o tema do sentido tato.

Na peça que representa o tato, vemos a Dama com uma das mãos no chifre do unicórnio e a outra na haste da bandeira.

A Dama e o Unicórnio foi confeccionada por volta do século XVI, em Paris, e sua particularidade está no fato de representar os sentidos retratando uma Dama. Algo que remete aos costumes medievais, principalmente do chamado amor cortês, uma narrativa literária que fala sobre a nobre donzela e o cavaleiro medieval.

Uma das curiosidades sobre a tapeçaria da Dama e o Unicórnio está no uso de uma réplica pra compor o cenário de Grifinória nos filmes do Harry Potter. Essa tapeçaria faz parte de uma das salas comunais.

A Tapeçaria Medieval é uma das formas de arte mais importantes e representativas da Idade Média, por isso muitos cenários de séries e filmes são feitos utilizando essas peças têxteis.

Compre meu e-Book na Amazon:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.