Conheça 10 bonecos antigos que são símbolos culturais e históricos

Bonecos são geralmente associados a crianças e brincadeiras, diversas culturas no mundo confeccionaram diferentes tipos de bonecos que se tornam símbolo daquele local. Esses “brinquedos” carregam grandes marcas culturais. Desde as matrioskas russas, o boneco Karakuri (からくり人形) – ambos japoneses, os bonecos Katsina da tribo nativo americana Hopi. Cada povo conta com tipos diferentes de bonecos que representam os símbolos culturais de cada sociedade. Conheça alguns tipos de bonecos que são símbolos representativos de cada região.

1.Matrioskas

São estatuetas de madeira ocas, que são colocadas uma dentro da outra, numa série que vai de uma maior até uma menor. As bonecas Matrioskas foram inventadas pelo artesão Sergei Malioutine. Ele se inspirou numa série de bonecos japoneses de madeira – (Daruma (だ る ま) – que representava a Shichi-fuku-jin (Sete divindades da felicidade). As Matrioskas representam os tradicionais camponeses russos (pré Revolução Russa). Esse artesão trabalhava para o industrial Savva Mamontov que apresentou essas bonecas numa exposição em Paris, no século XIX.

Matrioskas.

2.Daruma

Usadas como inspiração para as Matrioskas, o Daruma (だ る ま ) é um boneco da cultura tradicional japonesa que é oco, em formato redondo, feito de papel machê. O Daruma tem a forma inspirada no monge budista Bodhidharma, que é o fundador da doutrina Zen do Budismo. O Daruma é considerado um amuleto de boa sorte, desejos e prosperidade. Essa tradição começou no templo de Daruma (Daruma-dera) na cidade de Takasaki no Japão.

Darumas.

3.Katsina

As figuras Hopi Katsinas, ou também chamadas de bonecas Kashina, são figuras esculpidas pelo povo Hopi, que são nativos americanos que vivem nos três planaltos do Arizona. As Katsinas são usadas para instruir as meninas sobre essas divindades, que descem do Pico Humphreys, no Solstício de inverno, para cantar, dançar, trazer chuva para a próxima colheita, além de dar presentes às crianças.

Figuras Katsinas By Grombo – Own work, CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=835187

4.Bonecas da Amizade

O missionário americano Sidney Gulick, após ver que havia uma tensão crescente entre o Japão e os Estados Unidos, após a Guerra Russo-Japonesa, na década de 1920, decidiu promover uma campanha de troca de bonecas entre crianças americanas e japonesas. Ele criou o Comitê de Amizade Mundial entre as crianças. Essas bonecas ficaram conhecidas como bonecas da amizade. Existe uma lista enorme de exibição e localização das bonecas que foram enviadas pelo Japão aos Estados Unidos. As bonecas que os norte americanos mandaram para o Japão são conhecidas pelo nome de boneca dos olhos azuis.

Os Estados Unidos enviaram cerca de 12 mil bonecas para o Japão, mas a maioria foi incinerada quando os norte americanos entraram em confronto com os japoneses na Segunda Guerra Mundial. Então só sobraram algumas. Existe uma boneca americana exibida na cidade de Hakusan, prefeitura de Ishikawa, no Japão, é a boneca Laura Margaret.

Boneca Laura Margaret.

5.Bonecas de Porcelana

As primeiras bonecas de porcelana como conhecemos foram feitas na Alemanha na década de 1840, numa época que surge o conceito de infância. Inicialmente essas bonecas foram inspiradas nas bonecas de porcelana da China e eram feitas com cabeças e membros de porcelana branca esmaltada, com o tronco feito de tecido. Porém com o tempo passaram a utilizar porcelana branca sem esmalte. A Alemanha começou a produzir as Bonecas de Parian, de porcelana sem esmalte, até que surge no mercado o a porcelana bisque.

As bonecas feitas com esse tipo de porcelana(bisque) geralmente são pintadas com cores beges e salmão. No início eram feitas para decoração, depois esse tipo de boneca era dado para as meninas ricas. Depois viraram bonecas de moda, ou seja, eram vestidas com as roupas da moda na época.

Boneca de Porcelana bisque By gailf548 – originally posted to Flickr as German Doll, CC BY 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=9428379

Pierre-François Jumeau, foi um fabricante de bonecas francês muito famoso que fabricava as bonecas bisques.

Boneca de Porcelana feita na Europa.

6.Bonecas de Papel

O papel é um material que surgiu há muito tempo, então bonecas feitas de papel eram comuns principalmente em países asiáticos(que foi onde surgiu o papel). Mas a primeira boneca de papel feita nos moldes ocidentais, como vemos hoje em dia, com ganchos para vestir, foi a “Little Fanny”, que foi produzida por S&J Fuller em Londres, no ano de 1810.

Bonecas de Papel.

As bonecas de papel se tornaram populares nos Estados Unidos, e o maior produtor americano de bonecas de papel, entre o século XIX e XX, foi a empresa McLoughlin Brothers.

7.Bonecas Pretas

É uma boneca que representa as pessoas negras. Esse tipo de boneca é fabricado desde o século XIX, o fabricante de bonecas francês Jumeau fez bonecos de porcelana bisque de negros e mestiços, no ano de 1892.

Richard Henry Boyd fundou a companhia National Negro Doll, após procurar bonecas negras para suas filhas mas só achar bonecas que eram caricaturas grosseiras e estereotipadas. Na década de 1960, a empresa Shindana Toys, foi a primeira a produzir em massa bonecas negras etnicamente corretas nos Estados Unidos.

Bonecas pretas modernas e antigas.

8.As polêmicas bonecas Topsy-Turvy

São bonecas folclóricas americanas, que surgiram no século XIX. Elas tem duas pontas, que representam dois personagens opostos. Geralmente eram uma menina branca que se fundia nos quadris com uma mamãe negra, elas eram feitas no Sul dos Estados Unidos. Na década de 1950, modelos dessas bonecas foram produzidos em massa e eram chamadas de “Topsy e Eva”. Essa representação remonta a escravidão negra, pois geralmente as crianças de mulheres brancas eram criadas por mulheres negras.

Bonecas Topsy-Turvy

Esse tipo de boneca é um lembrete de como o negro era tratado na sociedade branca americana e sulista.

9.O fantoche Karakuri

Os Karakuri ningyō (か ら く り 人形) são bonecos mecânicos autômatos que começaram a ser fabricados no Japão no século XVII. Utilizados como entretenimento, essa categoria também inclui os bonecos feitos para carros alegóricos em festivais no Japão.

Autômato Karakuri de 1800, exibido no Museu Britânico.

10.Raggedy Ann

É um personagem que é uma boneca de pano que foi criada pelo americano Johnny Gruelle. Ele criou uma série de livros e histórias sobre a Raggedy Ann. Existe muitas lendas e mitos sobre a origem da Raggedy Ann. Um desses mitos dizia que Gruelle criou a boneca como um tributo para sua filha, que supostamente teria morrido por causa de uma reação a uma vacina, por causa dessa lenda, a Raggedy Ann foi utilizada como um símbolo pelo movimento anti-vacina. Porém, a filha de Johnny Gruelle não morreu por causa de efeitos de uma vacina, além disso ele registrou o protótipo da boneca muito antes da morte de sua filha.

Uma curiosidade, a famosa boneca Annabelle, dos filmes Annabelle, que está guardada numa coleção dos investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren, não é uma boneca de ventrículo, como foi representada no filme. Na verdade ela é uma boneca Raggedy Ann.

Verdadeira Annabelle, uma boneca Raggedy Ann.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.