Domenico Ghirlandaio, um grande artista e professor do Michelangelo

Todos os artistas mais famosos tiveram professores que os ensinaram técnicas artísticas, como pintar e desenhar. Artistas como Leonardo da Vinci, Michelangelo e Ticiano frequentavam estúdios de professores famosos em sua época. Éugene Delacroix foi um dos poucos artistas famosos que não tiveram uma educação artística formal, Delacroix sentiu falta desse aprendizado pelo resto de sua vida. Então, são raros os artistas que não tiveram um mestre, mesmo com muita habilidade o treinamento adequado é essencial. Conheça a biografia do professor de Michelangelo, Domenico Ghirlandaio.

Domenico Ghirlandaio (Michelangelo)

Domenico di Tommaso di Currado di Doffo Bigordi, mais conhecido como Domenico Ghirlandaio nasceu no ano de 1448 na cidade da Florença na Itália, o artista faz parte do movimento artístico da Renascença. Domenico Ghirlandaio foi mestre de um dos mais talentosos e famosos entre os artistas renascentistas, Michelangelo.

A fonte de informações sobre este pintor renascentista veio do historiador Giorgio Vasari, responsável por escrever a maioria das biografias dos artistas renascentistas que conhecemos.

O apelido Ghirlandaio vem da profissão de seu pai, um ourives que fazia guirlandas para as mulheres florentinas. Domenico aprendeu a ser ourives, além de ter sido um bom observador, tendo analisado e se inspirado nas obras de Benozzo Gozzoli. É possível ver que Domenico Ghirlandaio utiliza as cores suaves, o contraste, e a harmonia das obras de Gozzoli. Uma das pinturas de Benozzo Gozzoli que mostram essas características se chama A mulher na tumba.

A mulher na tumba, Benozzo Gozzoli.

Domenico entrou para a Guilda São Lucas, então o artista passou a aceitar encomendas de obras de arte, Ghirlandaio se tornou um grande pintor de afresco, uma de suas primeiras obras conhecidas se chama São Jerônimo, Santa Bárbara e Santo Antônio Abade, uma pintura feita no interior da igreja de Sant’Andrea.

São Jerônimo, Santa Bárbara e Santo Antônio Abade, Ghirlandaio.

O artista conseguiu cair nas graças de uma família italiana poderosa, os Vespucci. O artista foi contratado por essa família para pintar um afreco na Igreja Ognissanti de Florença. Uma dessas pinturas feitas por Domenico Ghirlandaio é São Gerônimo:

São Gerônimo, Ghirlandaio.

Uma outra grande influência para Domenico Ghirlandaio é Andrea del Castagno, um pintor que dominava as técnicas de claro-escuro. Um dos trabalhos mais significativos, que mostram o início de um estilo artístico próprio é a encomenda que ele pintou na Capela Santa Fina, um dos afrescos mais preservados que se destacam se chama Funeral de Santa Fina:

Funeral de Santa Fina, Ghirlandaio.

Assim como Botticeli, Domenico Guirlandaio foi chamado para trabalhar em afrescos na recém construída Capela Sistin. Uma dessas pinturas feitas pelo artista no interior desse edifício é A vocação dos primeiros apóstolos.

A vocação dos primeiros apóstolos, Ghirlandaio.

Esse afresco é considerado uma das obras primas de Domenico Ghirlandaio, o artista utiliza cores mais realistas, mostra domínio no contraste, e um grande avanço nas técnicas de claro-escuro. Giorgio Vasari disse que em sua época este afresco se encontrava muito danificado e teve que ser repintado pelo artista.

Nessa obra ele também demonstra talento para fazer retratos, uma de suas pinturas de retratos conhecidas e preservadas se chama O retrato de uma mulher:

O retrato de uma mulher, Domenico Ghirlandaio.

Após esse trabalho na Capela Sistina a fama do artista cresceu e seu estúdio em Florença começou a ser muito frequentado. Domenico Ghirlandaio também recebeu diversas encomendas, incluindo uma pintura para a Capela Sassetti na Florença, Adoração dos Pastores:

Adoração dos Pastores, Dominco Ghirlandaio.

Domenico Ghirlandaio recebeu diversos pedidos para a confecção de retábulos para as principais igrejas da Florença. A Madona e o Menino adorado por São Zenóbio e São Justus, é uma dessas obras pintadas por Ghirlandaio.

A Madona e o Menino adorado por São Zenóbio e São Justus, Domenico Ghirlandaio.

Nesse retábulo o artista utilizou cores vivas e imprimiu muito realismo nas figuras pintadas por ele, é possível ver como os tecidos parecem realistas, a existência de uma perspectiva . A Madonna foi pintada ligeiramente maior do que os outros personagens, algo que era comum na Era Medieval, as figuras divinas eram sempre representadas em um tamanho grande, enquanto o resto dos personagens, incluindo os anjos são minúsculos.

Ghirlandaio, de acordo com Giorgio Vasari, pintou figuras nuas, porém nenhuma pintura com essa temática, feita pelo artista, sobreviveu ao tempo.

Domenico Ghirlandaio morre de febre no ano de 1494 e foi sepultado em Santa Maria Novella. Ghirlandaio entrou para a história da arte como um artista habilidoso e professor do famosos Michelangelo.

Compre meu livro na Amazon:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.