A lenda da Lady Godiva

A história de Lady Godiva é uma lenda que surgiu em torno de uma mulher anglo-saxã que viveu por volta do século XI. Godiva era casada com um nobre chamado Leofric, conde da Mércia, cuja existência é bem documentada na história da Inglaterra anglo-saxã. O conde foi um dos homens mais poderosos da Inglaterra em sua época, talvez por isso que sua bela esposa tenha se tornado uma mulher lendária.

As lendas podem surgir por causa de uma tradição oral que passa de geração em geração, mas tem um jeito mais fácil, sutil, e que as pessoas não percebem que estão reproduzindo uma lenda, que é quando alguém supostamente confiável escreve uma história, que na verdade é uma lenda e os letrados ficam reproduzindo essa lenda isso sem checar a veracidade da narrativa, no caso da Lady Godiva.

Lady Godiva, Marshall Claxton. (Wikimedia Commons)

Foi o que aconteceu com a lenda brasileira do Saci Pererê e seu escritor, Monteiro Lobato. Ele foi de fato um homem letrado e a frente do seu tempo, um escritor e ativista. Mas os relatos sobre a lenda do Saci Pererê que ele coletou em suas viagens pelo Brasil resultou num livro chamado “O Saci”, de Monteiro Lobato.

O Saci, Monteiro Lobato.

O livro “O Saci” é resultado de uma narrativa inspirada. A lenda do Saci Pererê como conhecemos foi uma criação de Monteiro Lobato usando o compilado das tradições orais que ele coletou pelo interior do Brasil*.

Isso também foi algo que também aconteceu com a lenda por trás do dia das bruxas, havia uma celebração do dia da colheita, cada região tinha uma tradição para esse dia, então alguns escritores como Robert Burns, que escreveu o poema Halloween, começaram a escrever sobre o Halloween, e junto com as migrações, o dia das Bruxas foi se transformando no que é hoje. **

A história da Lady Godiva passeando nua em cima do cavalo, como diz a lenda que se popularizou, aparece pela primeira vez no livro Flores Historiarum que remota ao século XIII.

Lady Godiva, John Colier. (Wikimedia Commons/Domínio Publico)

A história da lenda diz que o povo de Coventry estava sendo oprimido com os muitos impostos que o marido de Lady Godiva estava cobrando dos moradores da cidade. Então, Lady Godiva pediu que seu marido tivesse compaixão pelos moradores e baixasse os impostos, mas o Lord permanecia irredutível, até que ele acabou dizendo que faria isso se Lady Godiva andasse nua pela cidade em cima de um cavalo. Todos os moradores deveriam ficar em suas casas enquanto Lady Godiva fizesse essa cavalgada, um dos moradores, Peeping Tom, que é chamado de Voyeur na língua francesa.

Existem registros que mostram que Godiva viveu no século XI (1000-1099) e que realmente teria sido enterrada numa igreja em Coventry, porém essa igreja não existe mais. O imposto cobrado em Coventry também deixou de ser cobrado ainda no século XI, mas não tem menção de que isso foi devido a Lady Godiva.

O próprio conde, marido de Lady Godiva, Leofric, fundou junto com Godiva um mosteiro beneditino em Coventry. Foram benfeitores em diversos outros mosteiros. Talvez por causa dessa fama de bem feitores foi criada toda essa lenda em torno de Lady Godiva, esposa de Leofric, o Conde da Mércia.

Lady Godiva, Edmund Blair Leighton. (Wikimedia Commons/Domínio Público)

No século XVIII, a cidade de Coventry realizava um desfile em homenagem ao suposto feito de Lady Godiva. Além disso, vários artistas como pintores e escultures fizeram várias representações da famosa lenda da cavalgada de Lady Godiva, principalmente os artistas que se dedicavam a pintura histórica da Arte Medieval no século XIX, principalmente os pré-Rafaelitas e os neoclássicos.

Hoje em dia existem diversos livros, filmes, programas de TV que já citaram a lenda de Lady Godiva.

Posts do Blog:

*Monteiro Lobato e o Saci Pererê.

** Halloween

Referências e Imagens:

https://en.wikipedia.org/wiki/Lady_Godiva

Compre meus e-Books na Amazon ou leia pelo Kindle Unlimited:

3 comentários em “A lenda da Lady Godiva

  1. Sempre achei muito interessante como os escritores recriam as histórias que foram passadas de forma oral, mas sinto que isso vem se perdendo nos dias atuais.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.