Georges Braque, o inventor do cubismo

Georges Braque nasceu no ano de 1882 na França, foi um artista que participou do movimento artístico do fauvismo e do cubismo. Braque desenvolveu o cubismo junto com o renomado artista Pablo Picasso e foi muito influenciado por Henri Matisse. O artista também estudou as obras de arte de Paul Cézanne. Braque teve seu período artístico mais ativo durante as duas grandes guerras mundiais.

A família do artista não é abastada, seu pai e avô eram artesãos e Georges Braque foi treinado como tal. Quando o artista ainda era criança sua família se mudou para La Havre, onde cresceu e também estudou arte na École Supérieure d’art et Design Le Havre-Rouen. O artista conheceu o impressionismo e fez pinturas impressionistas, após expor suas obras, Braque gostou do estilo artístico dos fauvistas e começou a pintar como os Fauves. O artista fez uma pintura com essa estética chamada de A oliveira perto de l’Estaque:

A oliveira perto de l’Estaque, Georges Braque.

Outro grande exemplo do de pintura período do fauvismo de Braque se chama Petite Baie de La Ciotat:

Petite Baie de La Ciotat, Georges Braque.

O artista se interessou pela perspectiva das pinturas de Paul Cézanne e fez obras com o tema de paisagem em l’Estaque, pintando diferentes versões sobre o mesmo tema, fazendo uma série artística assim como outros artistas das vanguardas europeias como Claude Monet.

Braque visitou o estúdio de Pablo Picasso onde conheceu a obra Les Demoiselles d’Avignon ficando impressionado com a nova estética de Picasso. Georges Braque e Pablo Picasso trabalharam juntos no desenvolvimento do cubismo, os dois artistas estudaram as obras de Paul Cézanne que podem ser consideradas protocubistas como La Carrière de Bibémus.

La Carrière de Bibémus, Paul Cézanne.

Braque desenvolveu padrões geométricos complexos para pintar suas obras desenvolvendo primeiramente um protocubismo, como podemos ver em sua obra chamada de Casas em l’Estaque:

Casas em l’Estaque, Braque.

Essa pintura de Braque é considerado uma das primeiras paisagens cubistas. Esse tipo de movimento artístico ficou conhecido como cubismo analítico. O artista começou a pintar também o tema de natureza morta, além de paisagens. Uma das pinturas de Georges Braque sobre esse tema de natureza morta se chama Violino e Paleta:

Violino e Paleta, Georges Braque.

A novidade do cubismo foi exposta no Salon d’Automne no ano de 1910, porém os inventores dessa estética, George Braque e Pablo Picasso, não expuseram suas obras no Salão. Quem expos pinturas cubistas foi o artista Jean Metzinger. A partir do ano de 1911, Braque iniciou o movimento chamado de cubismo.

Essa primeira fase do cubismo ficou conhecida posteriormente pelo nome de cubismo analítico, essa nova estética cubista foi considerada radical nos primeiros anos. Nesse período, Georges Braque criou a novidade de confeccionar obras cubistas utilizando papéis recortados e colados. O cubismo se desenvolveu no que os estudiosos de arte chamam de cubismo sintético, porém os artistas Pablo Picasso e Georges Braque não fizeram parte desse tipo de cubismo.

Braques trabalhou o seu cubismo para formar perspectivas mais puras, além de aperfeiçoar a confecção de obras de natureza morta, como na imagem abaixo, chamada de violino:

Violino, Georges Braque.

Na imagem acima, podemos perceber que o artista faz uma construção cubista desse objeto, o violino, utilizando letras, que ele considerava algo como sendo de um plano só, diferente de outras coisas que possuem diversos planos e uma representação em 3D. Georges Braque busca uma representação em três dimensões em sua arte cubista. O violino foi uma obra composta no ano de 1912, quando o artista apresentava uma grande evolução na estética cubista.

Em Mulher com um violão, o artista inclui uma representação de uma figura humana, algo que ele não fazia frequentemente.

Mulher com violão Georges Braque.

Nessa obra, confeccionada no ano de 1914, o artista coloca em perspectiva uma mulher e um objeto, além de incluir letras. Essa obra mostra as famosas colagens que o artista fez. Em mulher com um violão, o artista faz uma fragmentação da imagem típica do seu estilo cubista.

Quando a grande guerra chegou, Georges Braque foi lutar na guerra em 1914, após se alistar no exército francês, e acabou sendo gravemente ferido tendo que ficar um longo período em tratamento e recuperação.

Nos anos posteriores, Georges Braque confecciona diversas obras cubistas apresentando muitas novidades em relação a esse movimento, eventualmente, Braque e Pablo Picasso entram em conflito em relação a quem criou o cubismo, que acaba sendo atribuído somente à Picasso. Alguns artistas lembram do pioneirismo de Braque quando ele expos suas obras cubistas pela primeira vez. O artista também fez outro amigo cubista, Juan Gris.

Georges Braque morreu no ano de 1963 e deixou um grande legado para a História da Arte com sua arte cubista.

Imagens: Wikipedia

Compre meu livro na Amazon:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.