Lavinia Fontana, uma artista pioneira do maneirismo

Lavinia Fontana foi uma pintora que nasceu por volta do ano de 1552 na região da Bolonha, na Itália. A artista faz parte do movimento artístico do maneirismo italiano. Fontana era da escola de pintura chamada de Escola Romana. Lavinia Fontana era filha de um outro artista italiano importante na época, Prospero Fontana. A artista é tida como a primeira pintora mulher que pintou nus artísticos.

A artista era filha de um pintor importante, Prospero Fontana, foi seu pai que fez seu treinamento em técnicas artísticas de pintura. Prospero também era um artista maneirista, além disso fazia parte da Escola Romana. Podemos ver o estilo artístico de Prospero, pai de Lavinia Fontana em sua pintura A Sagrada Família com São João Batista que na imagem a seguir.

A Sagrada Família com São João Batista, Prospero Fontana.

A Sagrada Família com São João Batista é uma pintura com aquela característica maneirista típica, de apagar a luz de fundo e deixar diversas coisas no escuro, como José, que aparece pouco iluminado ao fundo da pintura. É nesta época que a figuras santas e divinas começam a ganhar aquelas auréolas finas que ficam ao redor da cabeça na horizonta, antes elas também existiam, mas eram grossas e eram retratadas na vertical. Temos o corpo alongado e ligeiramente contorcido do bebê Jesus Cristo, uma característica do maneirismo.

A artista aprendeu as lições de seu pai e pintou sua própria Sagrada Família que está na figura a seguir:

Sagrada Família com Santa Catarina de Alexandria, Lavinia Fontana.

Em Sagrada Família com Santa Catarina de Alexandria vemos elementos da pintura maneirista como o uso do fundo preto e das formas alongadas que aparecem no corpo bebê de Jesus Cristo. Maria e José aparecem com auréolas(Halo) finas ao redor da cabeça que estão flutuando. Lavinia Fontana mostra uma evolução estética em direção ao barroco.

Algumas pinturas de Lavinia Fontana estão mais perto do barroco do que do maneirismo, como podemos ver em sua obra Jesus aparece a Maria Madalena.

Jesus aparece a Maria Madalena, Lavinia Fontana.

Na pintura acima, Jesus aparece a Maria Madalena, temos uma pintura dramática com um forte contraste entre a luz e a sombra. Jesus está usando um chapéu, além de segurar uma pá. Representar a imagem de Jesus Cristo diferente daquela figura mainstream, geralmente, é feito por artistas barrocos. Lavinia Fontana escolheu tons terrosos (pode ter outras cores, mas o verniz amarelou com o tempo) para retratar as figuras que aparecem na tela, Maria Madalena está ajoelhada enquanto Jesus apresenta-se em pé. Podemos considerar que esse é o momento clímax dessa narrativa do encontro de Maria Madalena com Jesus Cristo.

Apesar de ter se aproximado da estética barroca, suas pinturas ainda apresentam características maneiristas como podemos ver em Assunção da Virgem.

Assunção da Virgem, Lavinia Fontana.

Assunção da Virgem é uma pintura maneirista, podemos ver isso na parte onde a Virgem Maria é coroada, vai para o céu e aparece uma multidão de anjos ao redor dela. Também também temos o fundo azul nos dois Papas que representam a Igreja Católica. Abaixo dos dois religiosos temos uma cidade. A artista havia se tornado bem conhecida na região de Itália e Roma, por isso, ela foi convidada para se mudar para a cidade de Roma a pedido do Papa da época. Esse foi o motivo dela fazer tantas pinturas religiosas, Lavinia Fontana tinha o patrocínio da Igreja.

Uma de suas pinturas importantes historicamente para a medicina é o retrato de Tognina Gonsalvus.

Tognina Gonsalvus, Lavinia Fontana.

Tognina Gonsalvus era membro da família Gonsalvus, que tinha um longo histórico de casos de hipertricose. Geralmente pessoas com essa anomalia genética não eram consideradas seres humanos, por isso a família Gonsalvus é o caso mais antigo já registrado de hipertricose.

A artista Lavinia Fontana é considerada a primeira mulher a pintar um nu artístico, sua obra sobre esse tema se encontra na imagem abaixo e se chama Minerva se vestindo.

Minerva se vestindo, Lavínia Fontana.

Minerva se vestindo é uma pintura atribuída a Lavínia Fontana. Mas, como não era o costume os artistas assinarem suas obras, a atribuição de autoria é feita por comparação estilística com outras pinturas do artista. Se não existe certeza sobra a autoria da pintura acima, provavelmente compararam as feições da mulher que está na pintura com os autorretratos de Lavinia Fontana. Na imagem abaixo está o Autorretrato com cladódio de Lavinia Fontana.

Autorretrato com cladódio, Lavinia Fontana.

Claro que existem outras coisas a se levar em consideração para fazer a atribuição de autoria, talvez por isso que existe o debate sobre se Lavinia Fontana foi a primeira mulher que pintou um nu artístico (com um exemplar de pintura que chegou aos dias de hoje pelo menos).

Ah, e a pergunta “E ela se usaria como modelo de rosto?” Sim, porque não tem como pintar um rosto realista sem uma referência nessa época, o artista tem que ver o ângulo, luz, sombras, proporção. O modelo de corpo provavelmente foi uma estátua de algum deus grego mais magro. Ela até tentou suavizar isso, mas fica bem nítido no braço que ela usou um modelo masculino.

Lavinia Fontana morreu no ano de 1614 na cidade de Roma.

Referências e Imagens:

https://en.wikipedia.org/wiki/Lavinia_Fontana

Compre meu e-Book na Amazon:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.