Henry Ossawa Tanner, o primeiro afro-americano a fazer sucesso internacional como pintor

Henry Ossawa Tanner nasceu no ano de 1859 em Pittsburgh, Pensilvânia, nos Estados Unidos. O artista foi o primeiro pintor afro-americano a receber fama internacional. Tanner estudou na Academia de Belas Artes da Pensilvânia, na Filadélfia e também viajou para a França onde se matriculou na Academia Julian em Paris estudando arte nessa instituição. O artista participou da exposição da Academia de Belas Artes e teve uma de suas obras expostas no Salão de Paris.

O artista era um afro-americano e por isso alguns lugares se recusavam a ensiná-lo, porém Tanner se matriculou na Escola de Belas Artes da Pensilvânia, na Filadélfia, se tornando o único afro-americano a frequentar a instituição. Foi nessa época que Thomas Eakins, um professor que possuía novos métodos de ensinar pintura se tornou docente dessa instituição.

Tanner queria ampliar seus conhecimentos artísticos e estudar na Europa, por isso juntou dinheiro para essa empreitada. O artista finalmente consegui e viajou para Paris e se matriculou na Academia Julian. Foi na capital francesa que ele se tornou amigo do colecionador de arte Atherton Curtis. Tanner retorna aos Estados Unidos mas Curtis o convence a voltar para a Europa. Em Paris, Henry Ossawa Tanner começa a copiar as obras dos grandes mestres.

Uma das pinturas de Henry Ossawa Tanner é um retrato de seu patrono de arte Atherton Curtis e sua esposa.

Sr. e Sra. Curtis por Henry Ossawa Tanner.

Sr. e Sra. Curtis é uma pintura de Henry Ossawa Tanner que não se encaixa num movimento artístico específico. O artista possui um estilo próprio, ele coloca um pouco das obras modernistas francesas como o impressionismo de Edgar Degas, um pouco dos contornos pós-impressionistas, um pouco de Vincent Van Gogh; também temos o enquadramento e ângulos das pinturas clássicas, a Sra. Curtis parece uma cidadã grega.

Uma outra pintura de Henry Ossawa Tanner que mostra o estilo Tanner de pintura se chama Girando à luz do fogo.

Girando à luz do fogo, por Henry Ossawa Tanner.

Em Girando à luz do fogo temos um pouco das características das pinturas de Edgar Degas, o artista usa as pinceladas, a mistura de cores feita num ambiente interno, o fato de ter alguém trabalhando, no caso a mulher, mas diferente de Degas que mostrava um lugar de classe alta, aqui temos um ambiente da classe trabalhadora. Mas também temos o estilo de Henry Ossawa Tanner, que são os contornos, a iluminação, um pouco da paleta de cores e o jeito que o artista mistura é algo compartilhado tanto por Degas quanto por Tanner. Ou seja, temos um artista em evolução. Essa pintura foi feita no ano de 1894, bem no começo da carreira artística de Henry Ossawa Tanner.

Enquanto esteve na Filadélfia, Henru Ossawa Tanner fez uma de suas pinturas mais conhecidas chamada de A lição do Banjo.

A lição do Banjo, Henry Ossawa Tanner.

A lição do Banjo mostra uma pintura que retrata um homem negro ensinando a um menino mais novo a tocar banjo, algo que seria um tema comum no século XIX. Nessa obra, Tanner mostra seu estilo único ao mostrar dois tipos de iluminação, uma quente, e outra fria, além de suas pinceladas leves e rápidas, seu domínio do claro e escuro, para criar um contraste utilizando luzes de fontes diferentes e por isso dois tipos de sombra. Essa pintura foi feita em 1893 quando Tanner havia retornado da França para a Filadélfia, apesar do artista ainda estar procurando um estilo próprio depois de ter aprendido arte na Academia Julian, ele conseguiu imprimir um estilo próprio nessa obra.

Tanner também fez pinturas conhecidas como Turquesas de Tunner, uma dessas obras se chama O Bom Pastor.

O Bom Pastor, Henry Ossawa Tanner.

O Bom Pastor é uma pintura azul que o artista tem intenção de mostrar religiosidade, por isso que Henry Ossawa Tanner criou essas imagens reflexivas, profundas, e espirituais. No meio das grandes árvores vemos a figura de uma pessoa, e a lua se esconde atrás de uma dessas árvores.

Porém essa não é a imagem mais espiritual e religiosa que Henry Ossawa Tanner criou, também temos Anunciação aos Pastores.

Anunciação aos Pastores, Henry Ossawa Tanner.

Em Anunciação aos Pastores temos a imagem de um arcanjo Gabriel luminosa no meio de toda a escuridão. Essa pintura também foi feita com a intenção de mostrar religiosidade e espiritualidade. Segundo Tanner, a imagem do arcanjo Gabriel lembra uma cruz, que significa a aceitação da Virgem Maria ao fardo de aceitar Jesus e toda sua história.

Henry Ossawa Tanner morreu no ano de 1937.

Referências e Imagens:

https://en.wikipedia.org/wiki/Henry_Ossawa_Tanner

Compre meus e-Books na Amazon ou leia pelo Kindle Unlimited:

Um comentário em “Henry Ossawa Tanner, o primeiro afro-americano a fazer sucesso internacional como pintor

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.