Monalisa, a obra mais famosa do mundo

A obra Monalisa (também conhecida como Monna Lisa e La Gioconda) foi pintada pelo pintor renascentista Leonardo Da Vinci e demorou três anos para ser finalizada, não há consenso sobre quando exatamente ela teria começado a ser feita por Da Vinci, só se sabe que o pintor demorou em torno de três anos para ser concluída. Ela está exposta no museu do Louvre em Paris na França.

Fontes históricas sobre a Monalisa

A maior parte do conhecimento sobre a confecção da obra Monalisa (La Joconde em francês) vem de escritos do historiador italiano Giorgio Vasari. Este historiador começou a estudar os artista da Alta Renascença, que foi um período que aconteceu cerca de cinquenta anos antes de Vasari fazer seus estudos. Leonardo da Vinci é um artista que se encaixa nessa época da Alta Renascença. O próprio Vasari também é um artista da Renascença, pois ele fez pinturas nesta época e com a estética predominante.

Giorgio Vasari.

Foi Vasari que escreveu que a Monalisa foi uma encomenda de Francesco del Giocondo de um retrato de sua esposa que se chamava Lisa. O Mona é uma abreviação de Madona, que é o equivalente à minha senhora. Além da descrição feita por Vasari também temos notas de Agostino Vespucci, que era um escrivão, assistente de Nicolau Maquiavel, primo de Américo Vespucci e contemporâneo a Leonardo da Vinci.

Na nota de Vespucci ele faz um comentário, datado de 1503, sobre Da Vinci e cita o quadro de Lisa del Giocondo feito por Leonardo da Vinci. Lisa era a esposa do rico comerciante de seda Francesco del Giocondo, acredita-se que ele tenha encomendado esse quadro para comemorar a chegada de um segundo filho. O nome em italiano para a obra é La Gioconda (A jovial).

Características da pintura

Leonardo da Vinci fez essa pintura provavelmente tendo como referência a Virgem Maria, pois a pose de Lisa remete a outros quadros da Virgem Maria, isto porque ela era um modelo de feminilidade. Da Vinci utilizou a técnica conhecida como sfumato para fazer a pintura. O sfumato faz a imagem não ter contornos bem definidos, por isso a imagem parece mais natural do que se tivesse linhas fixas.

Detalhe da obra Monalisa.

A Monalisa é uma das obras mais analisadas que existem, eles utilizaram um scanner a laser no ano de 2004 para revelar mais detalhes sobre esse quadro. Descobriram que ele foi preparado usando uma base de gesso, o vestido que parece ser verde escuro na verdade originalmente era vermelho carmim, existe um véu cobrindo os cabelos de Lisa.

Detalhes do rosto do quadro Monalisa.

O cabelo dela está preso com um coque e tem os fios soltos na frente, a cor do cabelo é ruiva. O estudo revelou que existe uma camada bem fina de verniz, e por causa disto o quadro ficou um pouco mais amarelado com o tempo. Vários estudos e especulações foram feitas sobre o sorriso de Lisa.

A paisagem provavelmente foi inspirada na paisagem que Da Vinci viu em Milão. E paisagem é fluida, os elementos se fundem ao formar o céu.

Detalhe da paisagem.

O roubo e os ataques à obra Monalisa

A Monalisa era uma obra desconhecida fora do meio da arte até o ano de 1911, quando foi roubada do museu do Louvre. Esse roubo foi feito por um funcionário do Louvre, Vicenzzo Peruggia, um italiano que acreditava que a obra deveria ser devolvida à Itália, seu local de origem.

Ela foi recuperada dois anos após o roubo quando Peruggia tentou vender o quadro para o diretor da Galeria Ufizzi. Em 1914 a obra retornou ao Louvre.

Notícia sobre a recuperação da obra Monalisa.

A obra teve que ganhar um vidro a prova de balas para proteção pois tentaram cortar, atiraram pedras no vidro de proteção anterior que não era tão resistente. Quando ela foi levada para ser exibida no Japão em 1974 e uma mulher borrifou tinta vermelha no quadro. Felizmente a obra estava protegida.

Cópias e estado de conservação

Assim como outras obras de Leonardo Da Vinci, várias cópias foram feitas por alunos, discípulos e admiradores de Leonardo da Vinci.

Uma dessas cópias foi feita por um artista de nome Salai, que foi discípulo de Leonardo da Vinci desde os dez anos de idade.

Monalisa feita por Salai.

Ouro discípulo de Leonardo da Vinci que fez uma cópia de Monalisa foi o artista Bernardino Luini, esta obra está exposta na Galeria Nacional de Oslo.

Monalisa, feita por Bernardino Luini.

Cópias feitas por autores desconhecidos existem no mundo inteiro, muitas foram feitas no século XVI, existe uma destas cópias em Baltimore nos Estados Unidos que mostram duas colunas que estariam na obra de Leonardo da Vinci se ela fosse um pouco maior. Percebe-se o início de uma coluna na Monalisa de Da Vinci.

Monalisa em Baltimore.

A Monalisa é uma obra de 500 anos de idade, e está bem conservada, foi pouco restaurada e teve um destino muito melhor do que a Última Ceia, uma obra de Da Vinci que sofreu muito os efeitos da umidade e do tempo. A Monalisa é mantida em condições controladas para que ela continue preservada. E falando nisso, agora é o momento de ver a famosa Monalisa de Leonardo da Vinci (na imagem abaixo).

Monalisa, Leonardo da Vinci.

Referências e imagens:

https://fr.wikipedia.org/wiki/La_Joconde

3 comentários em “Monalisa, a obra mais famosa do mundo

Deixe uma resposta para cheriewhite Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.