As paixões e os deuses gregos

A mitologia grega é muito famosa no mundo ocidental, sendo utilizada como temas de jogos de videogames, filmes e histórias em quadrinhos. Nas histórias publicadas pela DC comics alguns dos seus personagens heróis são inspirados em deuses gregos antigos. A Mulher-Maravilha, por exemplo, em sua lenda, tem sua origem nas Amazonas, que são deusas guerreiras da mitologia greco-romana. Quem escreveu sobre os deuses gregos e toda sua genealogia foi Hésiode, que escreveu a obra Teogonia relatando toda a linhagem dos deuses gregos.

A mitologia grega retrata deuses cheios de falhas, imperfeições e paixões, como os seres humanos. Outra obra de onde conhecemos a mitologia grega é a Ilíada. Conheça alguns desses deuses gregos e suas paixões:

Zeus e Hera, um relacionamento conturbado

Zeus é o deus supremo da mitologia grega, a lenda diz que ele é filho de dois titãs, Chronos e Rhea. Esse deus grego derrotou os titãs antes de assumir sua posição de deus supremo do Olimpo. Zeus é casado com sua irmã, Hera.

Essa deusa grega Hera é irmã de Zeus e de acordo com a lenda, foi engolida por seus pais junto com seus irmãos e foi libertada por Zeus quando ele derrotou os terríveis titãs. Hera é retratada como uma esposa ciumenta de Zeus, que persegue as amantes do seu marido. Sua união com Zeus é considerado o símbolo da união legítima.

O deus grego Zeus é considerado como um símbolo patriarcal, pois ele é pai e dá origem a vários deuses gregos, além de ter muitas amantes. Já Hera é considerada a deusa do casamento, das esposas e protetora dos casais.

Estátua de Zeus.

Existe essa dicotomia de casal entre Hera e Zeus mostram que a sociedade grega era patriarcal como a nossa, mesmo que a nossa sociedade ocidental seja em sua maioria cristã. Na obra Ilíada do poeta Homero classifica Zeus como o pai dos deuses e dos homens, e como era também é protetor do casamento.

Devido o comportamento ciumento de Hera, Zeus pune a deusa duas vezes, mas como Hera é vingativa ela revida e também fere Zeus. O relacionamento dos dois é muito abusivo de acordo com a mitologia grega.

Hades, o rapto de Perséfone

Hades é o terceiro irmão de Zeus e foi libertado por seu irmão de dentro do deus titã Chronos quando este derrotou os titãs. Hades se torna o deus do submundo e sua missão é deixar os mortos condenados presos no inferno.

Foi Hades que cometeu o sequestro de Perséfone na mitologia grega. Deméter, a quarta irmã da família de deuses, é mãe de Perséfone e sai em busca da filha e de vingança. Mas como Perséfone come uma romã dada por Hades ela não pode ser resgatada por Deméter e é condenada a ficar no inferno, porém Deméter faz um acordo e Hades permite o retorno de Perséfone à terra durante seis meses do ano. Esse mito é referente ao ciclo das estações do ano, pois Perséfone fica metade do ano no inferno (outono e inverno) e outra na terra (primavera e verão).

Perséfone e Hades.

Por causa da natureza de Hades, os gregos não cultuavam muito esse deus grego, ao contrário de Zeus que era muito popular e considerado um grande protetor para os gregos.

Referências:

https://fr.wikipedia.org/wiki/Divinit%C3%A9s_olympiennes

Um comentário em “As paixões e os deuses gregos

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.