Folclore Brasileiro: Bumba meu boi

O Bumba meu boi, também chamado de boi-bumbá, é uma festa folclórica típica da região nordestina, e muito popular no Maranhão. Essa festa tradicional do nordeste é um folguedo. O Bumba meu boi surgiu no século XVII, durante o Ciclo do boi (ou gado). Esse ciclo apareceu depois da decadência de outro ciclo, o da cana de açúcar. Foi graças a pecuária que os colonizadores começaram a migrar cada vez mais para o interior do Brasil, o nosso país foi colonizado primeiro na região litorânea e depois o interior. A pecuária também utilizava mão de obra escrava.

A lenda do Bumba meu boi diz que havia um casal de escravos, Pai Francisco(ou Chico) e Mãe Catirina. A mulher estava grávida e estava com o desejo de comer uma língua de boi. O pai Francisco acaba matando o melhor boi da fazenda pra realizar esse desejo da Mãe Catirina.

O dono da fazenda, ao perceber que seu boi havia morrido nas mãos do Pai Chico, fica furioso e…as versões divergem a partir daqui, mas o que acontece em seguida mostra que provavelmente ocorre algum tipo de ameaça ao Pai Chico e a comunidade que vive em torno da fazenda, e pra evitar que algo horrível acontecesse, a comunidade chamou curandeiros e pajés para fazer algum ritual pro boi voltar a vida. E eles conseguem fazer o boi voltar a vida e comemoram depois disso.

Bumba meu boi.

Como é uma festa de origem negra e escrava, o Bumba meu boi chegou a ser proibido pela elite branca nordestina entre os anos de 1861 e 1868.

Existem mais de 100 grupos de bumba meu boi em São Luís no Maranhão, cada grupo tem um sotaque que é a forma de se expressar, celebrar utilizando tipos de vestimentas específicas, coreografias, cadência da música e escolha de instrumentos musicais.

Foto: Edgar Rocha (IPHAN)

O sotaque mais popular do Maranhão é o sotaque de matraca, além de popular, também é o que tem o maior número de grupos. A principal característica desse grupo é a utilização da matraca como instrumento musical e o pandeiro de couro de cabra. O sotaque da Zabumba utiliza o instrumento de mesmo nome (Zabumba), esse instrumento é um tipo de tambor, esse sotaque tem um ritmo de cadência mais lento e melancólico.

A figura do boi que é utilizada nas apresentações de bumba meu boi é feita com uma armação de madeira, revestida por tecidos coloridos e bordados. A pessoa que está dentro da fantasia e controla os movimentos do boi é chamado de miolo de boi.

No Maranhão a festa começa em junho e termina em julho, e se divide em quatro etapas, os ensaios, o batismo, as brincadas e a morte. A fase de ensaio começa no sábado de aleluia e termina no dia 13 de junho, dia de Santo Antônio. Na etapa do batismo, o boi é batizado e recebe as bênçãos do padroeiro da festa. Na penúltima e última etapa o enredo é concluído com a morte do boi como acontece na lenda.

Personagens Baiante União da Baixada

Várias outras cidades também fazem a festa do bumba meu boi mas em diferentes épocas do ano. A cidade de Parintins no Amazonas tem um bumbódromo, com capacidade para 35 mil pessoas, que é um estádio em formato de cabeça de boi, nesse lugar acontecem as encenações da festa, e existe até uma competição pro grupo que fizer a melhor apresentação. Esse evento pode ser considerado visualmente equivalente ao Carnaval do Rio de Janeiro e os desfiles das escolas de samba, pois contam com os carros alegóricos, as coreografias e os trajes.

Bumbódromo.

A festa do Bumba meu boi também acontece na cidade de São Paulo, no morro do Querosene, no Butantã, na Zona Oeste da cidade.

Na encenação da festa existem diversos personagens, o comandante do espetáculo é o Capitão, o Amo é o dono da fazenda, o Pai Chico e a Mãe Catirina, tem os vaqueiros, índios e caboclos, e boi.

Em 12 de dezembro de 2019, o Bumba meu boi (somente o festival que acontece em São Luís do Maranhão) foi reconhecido pela UNESCO com Patrimônio Cultural Imaterial da humanidade. E também é considerado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), como Patrimônio Cultural do Brasil, desde do ano de 2011.

7 comentários em “Folclore Brasileiro: Bumba meu boi

Deixe uma resposta para Culturalizando blog Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.